Google+ Badge

sábado, 16 de janeiro de 2016

Morto um dos maiores traficantes de Belém

Morto um dos maiores traficantes de Belém (Foto: J.R. Avelar/Diário do Pará)
(Foto: J.R. Avelar/Diário do Pará)
José Guimarães Amorim foi morto a tiros, na noite desta sexta-feira (15), no bairro do Guamá, em Belém. Conhecido como Juca do Guamá, ele era considerado pela polícia um dos maiores traficantes em atuação na cidade.
O crime ocorreu na rua Augusto Corrêa, próximo a uma academia de ginástica. A vítima trajava roupa para malhar e estava em uma moto.
Até a publicação da reportagem, o interativo da Polícia Militar disse que levantava informações como o crime teria ocorrido.
Crime foi próximo a uma academia e atraiu muitos curiosos (Foto: reprodução/Twitter @celiolobo2)
Familiares do morto estiveram no local e não quiseram conversar com a imprensa. Eles ainda tentaram evitar que a imprensa se aproximasse. 
A PM garantiu que vai reforçar a segurança no bairro durante a madrugada.
(DOL/Pararijos NEWS)

Dois homens são presos em Igarapé-Miri

Dois homens são presos em Igarapé-Miri (Foto: Divulgação)
Edson de Jesus (à esq.), ainda tentou fugir mas foi preso. Já Jonas Gonçalves, (à dir.), é acusado de cometer homicídio (Foto: Divulgação)
Policiais civis de Igarapé-Miri, nordeste paraense, prenderam 2 envolvidos em crimes, em Igarapé-Miri, nordeste paraense. Um deles é o lavrador Jonas Martins Gonçalves, de 20 anos, acusado de homicídio e que está com mandado de prisão preventiva decretado pela Justiça. O outro é o foragido de Justiça Edson de Jesus Campos de Araújo, 20 anos. Em informações divulgadas ontem, a equipe de policiais civis informa que as investigações apontaram que o preso Jonas Gonçalves cometeu o crime após invadir a casa do tio, Adenil Pantoja Martins, 26 anos, durante a noite de 6 de junho de 2014, para matá-lo com um disparo de arma de fogo. 
A ordem de prisão foi decretada pelo juiz titular da Comarca de Igarapé-Miri, Eduardo Freire, após representação do delegado Alexandre Clós. Conforme o policial civil, a vítima do crime foi morta, por volta de 20h, quando estava em sua casa, na vila Nova Aliança, às margens do rio Caji, zona rural do município. O crime seria resultado de uma rixa entre o acusado e a vítima. Dez dias antes do crime, a vítima foi acusada por Jonas de ter furtado a espingarda de propriedade de um morador na comunidade, fato que Adenil negou ter cometido. A acusação levou o dono da arma roubada a ir até a casa de Adenil perguntar se ele havia furtado a espingarda. 
Após isso, a vítima foi tirar satisfações com Jonas e os dois acabaram discutindo, o que gerou a rivalidade entre eles. As investigações mostraram que Jonas premeditou o crime. Horas antes, ele armou-se com uma espingarda pertencente ao seu pai e aguardou o melhor horário para invadir a casa da vítima e matá-lo com um tiro no peito. Após o crime, o acusado fugiu da comunidade. Familiares da vítima ainda tentaram socorrê-la. Com a expedição do mandado de prisão preventiva, o acusado passou a ser considerado foragido, até ser localizado e preso.
FORAGIDO É PRESO 
Policiais civis e militares prenderam na quinta-feira, 14, o foragido de Justiça Edson de Jesus Campos de Araújo, 20 anos, em operação conjunta, em Igarapé-Miri, nordeste paraense. Os policiais localizaram o procurado que estava escondido em uma casa na rua Rufino Leão, bairro Macapá. Durante o cerco ao imóvel, Edson ainda tentou fugir pelos fundos da casa, mas acabou preso pela equipe formada pelo delegado Alexandre Clós e investigador Denilson Bitencourt.
(Diário do Pará/Pararijos NEWS)

Ônibus esmaga ciclista


Benedito Lino Viana de Sousa, de 70 anos, foi atropelado por um ônibus ontem à tarde, em Belém. O acidente ocorreu na avenida Portugal, ao lado da Pedra do Peixe, no complexo Ver-o-Peso. Testemunhas afirmam que o ciclista passou por um buraco na pista, se desequilibrou e acabou esmagado pelo coletivo da linha Conjunto Maguari/Ver-o-Peso. O trânsito ficou lento e o congestionamento só acabou quando o cadáver foi removido.
O pescador Aldo Figueiredo contou que o ciclista se desequilibrou depois de passar por um buraco. “Depois que ele perdeu o controle da bicicleta, bateu na porta do meio do ônibus e caiu no chão, bem na curva”.
O acidente ocorreu por volta das 16h30, na avenida Portugal, esquina com a rua 15 de Novembro, no bairro da Campina. Antes de o corpo ser coberto com um papelão, uma sacola de compras e o relógio do idoso foram furtados.
Os policiais militares do motopatrulhamento foram acionados e ajudaram a organizar o trânsito, junto com os agentes da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob). “O que as pessoas que passavam pelo local falaram foi que ele se desequilibrou bem na curva e não teve possibilidade de impedir a queda, infelizmente”, disse o cabo Ivan Cauby, do 2º Batalhão da Polícia Militar. O cabo da Silva foi o primeiro a chegar ao local e afirmou que a vítima já estava morta quando os policiais chegaram.
O motorista Cândido Haroldo Costa Monteiro tem 30 anos de profissão e há dois anos trabalha na linha Conjunto Maguari/Ver-o-Peso. Ele disse que viu o ciclista, passou por ele, depois escutou um barulho e os gritos das testemunhas. Quando olhou pelo retrovisor, a vítima já estava embaixo do ônibus, esmagada pela roda traseira.
Uma equipe da perícia criminal esteve no local para analisar as circunstâncias do acidente, que será investigado pela seccional do Comércio. O corpo do idoso foi removido e encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). Nenhum familiar dele apareceu no local. (Pararijos NEWS)

CNBB quer dura punição para coibir exploração sexual de crianças nos rios


A Comissão Justiça e Paz (Regional Norte 2, que abrange o Pará e o Amapá), da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), vai agendar uma reunião com a presidência do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) para discutir a aplicação de multas aos donos de embarcações nas quais crianças e adolescentes são exploradas sexualmente, no Marajó. Essa foi uma das deliberações tomadas, ontem à tarde, por integrantes da Comissão Justiça e Paz (CJP), que se reuniu na CNBB, em Belém. Foi a primeira reunião deste ano.
Embora seja uma prática antiga, e já amplamente denunciada, a exploração sexual das crianças continua ocorrendo nos rios da região. Por causa da miséria em que vivem com suas famílias, essas meninas são exploradas em troca de um litro de óleo diesel, de um pacote de bolacha ou de uns poucos reais. Essa situação é verificada nas balsas que navegam pelo rio Tajapuru, que margeia os municípios de Breves e Melgaço, na ilha do Marajó. Pelo rio Tajapuru, passa uma grande quantidade de mercadorias e do transporte de passageiros na rota entre Belém e outras cidades da Amazônia.
A ideia da reunião no TRT, que deverá ocorrer ainda neste mês de janeiro, é para que sejam multados os donos das balsas e navios que permitirem essa exploração sexual em suas embarcações. “A partir do momento em que mexer no bolso deles, talvez seja a forma de estarem mais atentos. Se as embarcações não permitirem a entrada dessas crianças e adolescentes nas balsas, com certeza esse crime vai ser amenizado. O rio é a rua das balsas. E, se não tem a entrada das crianças nesses espaços, não tem como ficarem expostas a esse crime”, disse a irmã Henriqueta Cavalcante, secretária executiva da Comissão Justiça e Paz.
Em dezembro de 2014, este jornal publicou reportagem sobre o tema. Naquela ocasião, irmã Henriqueta relatou que, em relação às balsas, os funcionários dessas embarcações mantém contato, via rádio, com as famílias dessas crianças e adolescentes, que também ficam com esse equipamento de comunicação. Eles as alertam do momento da passagem da balsa. Sozinhas, meninas de 8, 9, 10 anos vão de canoas até aquelas embarcações. Atracam os “cascos” (pequenas canoas com remos) e sobem nas balsas. Viajando sempre para o Marajó, para combater as diversas formas de violência e de violação de direitos humanos, irmã Henriqueta já conversou muito com as mães dessas crianças. E o relato delas é igualmente preocupante. “Elas dizem: ‘se eu não deixar a menina ir para as balsas, ela vai comer o que? Vai viver do quê?’”. A irmã acrescentou, à época: “Isso está me maltratando. Se essas meninas e meninos são explorados sexualmente é porque faltam oportunidades de vida. Possibilidades para que possam morar bem, comer bem, viver com tranquilidade”.
Essa realidade, porém, continua. Na reunião de ontem, os integrantes da Comissão Justiça e Paz também definiram que vão ampliar as parcerias para o enfrentamento à exploração sexual e ao tráfico humano. “Permanecem alguns desafios que são bem conhecidos, como a questão da inexistência de políticas públicas em alguns municípios, o que favorece bastante. A questão da pobreza é um elemento que tem nos preocupado. Se a gente não enfrenta a pobreza, a situação da exploração, da violência vai continuar permanecendo, principalmente a questão da exploração sexual. As crianças que estão expostas em situação de vulnerabilidade para a exploração sexual são justamente as crianças que também estão em situação de miséria. Isso também é bastante preocupante, porque a gente não consegue ver um fim para essa situação. A gente não vê uma preocupação por parte do estado para enfrentar essa pobreza, essa miséria que vem aí se alastrando cada vez mais, principalmente na região do Marajó, e causa transtornos para muitas vidas de crianças e adolescentes”, afirmou a irmã Henriqueta. (Pararijos NEWS)

Papão encara o Japiim


O Paysandu anunciou na manhã de ontem que acertou a disputa de um jogo amistoso contra a equipe do Castanhal, no domingo, dia 24, no estádio Maximino Porpino Filho (Mimão), a partir das 10 horas. O ingresso custará R$ 20,00. O jogo faz parte da preparação da equipe bicolor e encerra a fase da pré-temporada que começou no dia 11.
O executivo de futebol do Paysandu, Alex Brasil, confirmou que o confronto com o Japiim será importante para a preparação da equipe alvi-azul visando à estreia no Parazão, dia 1° de fevereiro, contra o Paragominas, na Curuzu. “É importante para colocar em prática o trabalho que vem sendo desenvolvido desde o dia 4 de janeiro. É uma grande chance para o Dado Cavalcanti observar seus comandados, junto com a comissão técnica” assinalou.
O executivo Alex Brasil ressaltou que o amistoso não é de organização do Paysandu. “Toda a logística desse amistoso será do Castanhal, e tenho certeza absoluta de que esse teste será muito aproveitado por nós, onde poderemos analisar de uma maneira mais prática os nossos atletas”, comentou.
A coordenação do jogo, quanto à escolha da arbitragem, venda de ingressos será da responsabilidade da diretoria do Castanhal que tem como presidente Helinho, ex-jogador.
Outra partida, esta sendo considerada jogo-treino, está sendo preparada pela comissão bicolor, podendo acontecer no campo do Kaza, em Ananindeua, ou o no CT da Desportiva, em Marituba, que, por por falta de estrutura para receber o torcedor bicolor, será fechada para o público alviazul. (Pararijos NEWS)

Janot quer cassação de Color e Delcídio

  
Nas denúncias que apresentou ao Supremo Tribunal Federal (STF) no ano passado, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu que seja declarada, em caso de condenação, a perda do mandato dos senadores Fernando Collor de Mello (PTB-AL) e Delcídio do Amaral (PT-MS), ex-líder do governo no Senado, preso em Brasília.
Os dois são suspeitos de envolvimento no esquema de corrupção na Petrobras investigado pela Operação Lava Jato.
As denúncias contra Fernando Collor e Delcídio do Amaral estão em segredo de justiça, mas o G1 apurou que Janot encerra as denúncias em que solicita ao Supremo abertura de ação penal contra os dois senadores com pedido para que sejam obrigados a deixar o cargo.
Essa solicitação é considerada padrão em denúncias de parlamentares e deve se repetir se novos deputados ou senadores forem formalmente acusados de crimes.
As denúncias ainda estão em segredo de justiça porque citam trechos de delações premiadas ainda não homologadas pela Justiça.
Versões dos senadores
O G1 procurou a assessoria de Collor e aguardava resposta até a última atualização desta reportagem, ontem à noite.
Quando  denunciado, o senador classificou as acusações de um "teatro" montado pela Procuradoria-Geral e negou ter cometido irregularidades.
"O senador Fernando Collor reitera sua posição acerca dessa denúncia, que foi construída sob sucessivos lances espetaculosos. Como um teatro, o PGR (Janot) encarregou-se de selecionar a ordem dos atos para a plateia, sem nenhuma vista pela principal vítima dessa trama, que também não teve direito a falar nos autos", disse a assessoria do parlamentar quando a denúncia foi protocolada no STF.
O G1 deixou recado no celular do advogado de Delcídio Amaral e aguardava resposta até a última atualização desta reportagem.
Quando a denúncia contra o petista foi apresentada pela PGR ao Supremo, a defesa disse que não se manifestaria até o obter o teor das acusações. Em depoimento à Polícia Federal, o senador disse que queria a soltura do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró por "questões humanitárias", por conhecer a família e ter trabalhado com Cerveró.
Pedidos de perda de mandato também foram feitos por Janot  nas denúncias contra os deputados Vander Loubet (PT-MS), Nelson Meurer (PP-PR) e Arthur de Lira (PP-AL), e na denúncia contra o senador Benedito de Lira (PP-AL).
Acusações
Conforme as investigações, Collor teria recebido, entre 2010 e 2014, R$ 26 milhões como pagamento de propina por contratos firmados na BR Distribuidora.
Já Delcídio do Amaral foi preso no ano passado por tentar atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato. Em gravação feita por Bernardo Cerveró, filho do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, Delcídio promete falar com ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) para libertar o ex-executivo, além de sugerir um plano de fuga para a Espanha passando pelo Paraguai.
Nas peças, o procurador requer “a decretação da perda da função pública para os condenados detentores de cargo ou emprego público ou mandato eletivo, principalmente por terem agido com violação de seus deveres para com o Poder Público e a sociedade".
O pedido é feito com base em artigo do Código Penal que estabelece a perda do cargo quando aplicada pena de prisão igual ou superior a um ano, nos crimes praticados com abuso de poder ou violação de dever para com a Administração Pública ou superior a quatro anos nos demais casos.
A Constituição prevê que os direitos políticos de um parlamentar são suspensos em caso de condenação criminal transitada em julgado, isto é, após o esgotamento de todos os recursos. Além disso, determina a perda do mandato dos que perdem ou têm suspensos os direitos políticos.
Supremo
Em 2012, quando o Supremo julgou o processo do mensalão, a maioria dos ministros entendeu que uma condenação pela própria Corte levava automaticamente à perda do mandato.
Um ano depois, porém, com a mudança da composição, os ministros mudaram esse entendimento, fixando que cabe ao Senado ou à Câmara votar, em plenário, pela cassação.
O novo entendimento foi fixado em julgamento com placar apertado (5 votos a 4). Depois de 2013, a composição do Supremo sofreu nova modificação, com a chegada de Luís Roberto Barroso e Luiz Fachin.
A depender do posicionamento desses dois magistrados, poderá haver nova modificação no entendimento do STF sobre perda de mandato. (Pararijos NEWS)

Lancha facilita locomoção de milhares de pessoas


A acadêmica de Direito Fernanda Rodrigues mora no Distrito de Icoaraci e precisa sair de casa, para pegar o ônibus, pelo menos duas horas antes do início de sua primeira aula. Ela estuda em uma faculdade no centro de Belém e todo dia enfrenta o trânsito movimentado da cidade. Mas essa realidade vai mudar para melhor a partir desta segunda-feira, quando Fernanda poderá se locomover para Belém em apenas 20 minutos a bordo da lancha que vai ligar o Ver-o-Peso a Icoaraci.
Fernanda ficou feliz com a notícia. “Sem dúvidas, vai ser uma melhoria sensacional. Icoaraci estava precisando de um meio de transporte alternativo, pois o trânsito dificulta até mesmo pela distância. A lancha vai facilitar muito o acesso para quem precisar ir para o distrito”, comemora.
Ontem à tarde foi realizada a viagem inaugural do serviço saiu do Terminal Hidroviário de Belém levando o prefeito Zenaldo Coutinho, a superintendente Executiva de Mobilidade Urbana, Maisa Tobias, autoridades e imprensa.
“É uma viagem rápida e a vantagem dessa lancha é que é uma espécie de táxi do rio. A idéia é ampliar o serviço ainda mais, pois é alternativa de transporte importantíssima e uma excelente opção, ainda mais pela oportunidade de apreciar a paisagem indo pelo rio”, elogia o prefeito Zenaldo Coutinho. “Estamos preparando linhas de ônibus para alimentar o porto de Icoaraci e no centro de Belém está sendo reestudada a possibilidade de integrar linhas ao sistema hidroviário, para melhorar ainda mais a qualidade de vida das pessoas”, completou.
A empresa responsável pelo transporte é a Tapajós Expresso Hidroviário, que vai disponibilizar uma lancha, estilo catamarã, com ar condicionado, poltronas confortáveis, banheiro, lanchonete, wifi, televisores e tomadas e com a capacidade de transportar 133 passageiros. “Até março a ideia é ter duas lanchas, para uma dar apoio a outra. A viagem é mais rápida, pois o motor é maior e com mais capacidade. Queremos proporcionar uma viagem com mais conforto para a população”, explicou o gerente geral da empresa Tapajós Expresso, César Quadrado.
O serviço vai funcionar de segunda a sexta-feira com partidas de Icoaraci às 7h e às 15h35 e do centro de Belém das 17h às 18h10, com valor do serviço executivo de R$ 10, sem direito a gratuidades nem ao transporte de carga, exceto bicicletas
.“Muito emocionante poder dar início a esse primeiro serviço, estamos satisfeitos pela receptividade e participação das pessoas e pela animação com essa nova possibilidade de deslocamento. É um serviço experimental e executivo. Com isso o trânsito vai ficar mais tranquilo, pois muita gente que tem carro também vai usar o serviço. Além de melhorar o trânsito, vamos colaborar para uma cidade mais sustentável”, pontuou Maisa Tobias.
BARCO
Também na segunda, 18, a Prefeitura de Belém vai lançar o edital de licitação de um barco para fazer o mesmo trajeto da lancha, com capacidade para 300 pessoas, direito a gratuidades e transporte de carga. A viagem vai ser um pouco mais demorada em comparação com a feita pela lancha, pois o percurso deve ser feito em 60 minutos.
O comerciante José dos Santos, morador de Icoaraci, acredita que as alternativas são essenciais para a população. “Com certeza as pessoas vão vir mais para o distrito, pois com  viagem mais rápida, tranquila e segura as pessoas vão sentir mais vontade de visitar nossa orla, vai ser como uma passeio turístico e mais prático”, comentou. (Pararijos NEWS)

Clubes lançam outras duas candidatas

 
Outras duas candidatas foram apresentadas, na noite da última quinta-feira, ao concurso Rainha das Rainhas do Carnaval, promoção das Organizações Romulo Maiorana (ORM). Daniele Souza Delgado, de 21 anos, será a representante do Clube de Engenharia e Gislanne Enara Monteiro Ferreira, de 20 anos, disputará o título como Rainha do Clube do Remo. Elas encheram a noite de beleza, na sede do Remo, na avenida Nazaré, ao serem apresentadas ao público como concorrentes, no ano em que o Rainha das Rainhas - que terá sua grande noite no dia 29 de janeiro, no Hangar - completa 70 anos de sucesso.
A Rainha das Rainhas 2016 será premiada com um carro Fiat zero quilômetro, oferta da Mônaco Veículos. A 1ª princesa receberá uma passagem aérea com roteiro internacional e as 2ª, 3ª e 4ª princesas ganharão passagens aéreas com roteiro nacional, oferta de Valeverde Turismo. Na segunda-feira, dia 18, serão apresentadas as rainhas do COCB e do Caixaparah, na sede do COCB.
A apresentação das rainhas do Clube de Engenharia e do Clube do Remo foi comandada pelo colunista social Adenirson Lage e pela professora Clara Pinto, ambos da coordenação do concurso. A programação contou com a presença dos presidentes do Clube do Remo, Manoel Ribeiro, e do Clube de Engenharia, Gilmário Drago; da Rainha das Rainhas 2015, Dayane Dourado; e das rainhas da AABB, Thalita Aires; do CEPE, Loreta Carvalho; da Assubsar, Jéssica Medeiros Pinheiro; do Tênis Clube do Pará, Grace Raiol; e da Rainha 2015 do Clube de Engenharia, Natasha Farias.
Engenharia
Com 1,63 metro de altura e 57 quilos, a Rainha do Clube de Engenharia, Daniele Delgado, que cursa o sétimo semestre de Direito, participa pela primeira vez de um concurso de beleza. Seu estilista é Zandro Gurjão e sua coreógrafa Cristina Lobato. “Em 2014, eu fui assistir ao Rainha, ao vivo, no Hangar. Antes, era só pela televisão. Foi amor à primeira vista. O meu pai é engenheiro e aí quando veio o convite do Zandro para eu ser candidata pelo Clube de Engenharia tudo se encaixou”, destacou Daniele, filha do engenheiro Nelson Delgado, que compareceu à apresentação da candidata, durante a qual o presidente do Clube de Engenharia, Gilmário Drago, disse que o Rainha das Rainhas projeta e integra os clubes sociais de Belém.
Para Daniele, o principal no concurso é ter força de vontade. “Não adianta ter uma fantasia esplêndida, ser uma mulher carismática, mas não ter força de vontade, determinação”, enumerou. Daniele tem agendadas duas horas de ensaio e mais uma hora e meia de musculação em academia, todos os dias, sob a orientação do estilista. A candidata disse que uma referência na sua preparação à grande noite do Rainha das Rainhas é Rafaela Lobato, Rainha do Bancrévea em 2015. Ela também revelou que adora viajar e conhecer lugares. “Eu vou com vontade para o concurso, em busca do título para o Clube de Engenharia”, afirmou.
Remista
A Rainha do Clube do Remo, Gislanne Ferreira, é natural de Castanhal, tem 1,65 metro de altura e 61 quilos. Seu estilista é Humberto Larusso e sua coreografia  está sendo elaborada por Victor Hugo e Eron Costa. “Eu tenho orgulho em representar o meu clube de coração, que é o Clube do Remo, uma das agremiações que mais ganharam títulos nesse concurso”, afirmou Gislanne, que participou do concurso Musa da Pelada 2015, promovido pelo Jornal Amazônia, das ORM. “O Clube do Remo se honra de participar, mais uma vez, do Rainha das Rainhas. Pelo tempo que o concurso é sucesso, ele tem o respaldo da sociedade paraense. Reúne moças muito bonitas e é muito bem organizado pelas ORM”, afirmou o presidente do Clube do Remo, Manoel Ribeiro.
Para Gislanne, o Rainha das Rainhas chega aos 70 anos com todo o brilho a que tem direito. Por isso, ela considera uma responsabilidade ainda maior participar do concurso nesse momento. “Eu vou dar o meu melhor em busca desse título histórico”, afiançou. Ter desenvoltura ao se apresentar com a fantasia definida, carisma e dedicação são ações fundamentais para quem quer ser Rainha das Rainhas, na avaliação de Gislanne. A rainha azulina, que já atua como modelo profissional, malha por uma hora e ensaia por duas horas todos os dias. Ela conbatabiliza 16 faixas de títulos de beleza e tem sempre a companhia da mãe, Elisângela Monteiro.  (Pararijos NEWS)

“Comi sem medo”, revela Michelly


Ela continua sarada, mas sumiram alguns gominhos que ela ostentava no abdômen. Depois de curtir férias de fim de ano em Ilhabela, Michelly Crisfepe começou 2016 com oito quilos a mais e seu índice de gordura passou de 8 para 12%. “Comi demais. Feijoada, churrasco, sorvete... Toneladas de comida! Uma pessoa normal teria engordado 30 quilos, mas como tenho muita massa muscular, meu organismo queima mais rápido. Já estava com planos de competir e sabia que este ano seria mais difícil que os outros, então me afoguei na comida. Comi sem medo”.
De olho no WBFF (World Beauty Fitness & Fashion) -competição que já premiou musas como Bella Falconi e, mais recentemente, Jaque Khury-, a ex-participante do “BBB 11” quer secar e ganhar mais músculos até abril, quando acontece a primeira etapa do concurso, em Atlanta, nos EUA. “Vou ter que ficar com o admômen marcadinho”, diz. “Já seguia uma dieta regrada, mas quando tinha vontade de comer, comia. De vez em quando, me permitia. Com a competição, não vou poder, vou ter que me controlar mais. É uma preparação de atleta, um sacrifício, mas já estou acostumada”.
E para que tanto sacrifício? “Acho magnífico como nosso corpo reage. É outra sensação sentir aquela pele fina, os músculos... E também quero ter uma velhice com dignidade. O esporte traz fortalecimento, sinto que estou me preparando para o futuro. Tem gente que treina porque está na moda, mas sempre treinei pensando na velhice”.
A ex-BBB tem planos de se mudar para os EUA em 2019. “Provavelmente no início irei para Miami, porque parte da minha família já mora lá. Quero firmar meu nome como atleta nos Estados Unidos, onde o meio fitness é mais respeitado. Eles estão 50 anos na nossa frente, admiram este esporte. No Brasil ainda há preconceito, veem como algo fútil. Acho que terei mais chance de sucesso lá fora. Mas vou cumprir meus contratos aqui antes”.
Tudo isso acompanhada pelo marido, Carlos Tomaiolo, que não só é seu maior incentivador como é o preparador físico de Michelly. “Ficamos 24 horas juntos e eu adoro. Gosto de estar no controle o tempo todo, preciso disso para ficar tranquila. Sou bem ciumenta, prefiro ficar de olho no ‘cabra’ 24 horas por dia”.  (Pararijos NEWS)

Celso Malcher será interditada a partir de segunda

Celso Malcher será interditada a partir de segunda (Foto: Cristiano Martins/Ag. Pará)
(Foto: Cristiano Martins/Ag. Pará)
A avenida Celso Malcher, no bairro da Terra Firme, em Belém, será interditada a partir desta segunda-feira (18), por um período de 90 dias. A mudança será feita para a realização de serviços de saneamento integrado do Tucunduba. Com esta interdição, os motoristas deverão optar pela via de desvio, na rua Nossa Senhora das Graças.
Também haverá a inclusão de rotas alternativas para os ônibus de 3 linhas que circulam pela Celso Malcher e que passarão a fazer o percurso de saída e chegada pela rua Nossa Senhora das Graças. Também foram instalados 6 novos pontos de paradas de ônibus na avenida, sendo 3 no sentido de ida e 3 de volta.
(Diário do Pará/Pararijos NEWS)

Avião cai e derrapa no aeroporto de Cametá

Avião cai e derrapa no aeroporto de Cametá (Foto: Via WhatsApp)
(Foto: Via WhatsApp)
Um avião caiu logo após a decolagem e derrapou na pista do aeroporto de Cametá, no nordeste do Pará, na tarde desta sexta-feira (15).
O acidente ocorreu por volta das 17h e chovia no momento. Três pessoas estavam no avião, mas não se machucaram.
Testemunhas contaram que a aeronave chegou a subir uma altura mínima e, de repente, pareceu que o piloto perdeu o controle. Ao tentar aterrissar, uma das rodas quebrou, tirando o avião da pista.
Os integrantes do avião não quiseram falar com a equipe de reportagem.
(Pararijos NEWS/DOL com informações de Gisele Henriques/TV Tocantina)

Pararijos NEWS


sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Cavador de poço morre no trabalho

Cavador de poço morre no trabalho (Foto: Via Whatsapp)
(Foto: Via Whatsapp)
Um cavador de poço identificado como Marques Sam Gomes Alencar morreu nesta sexta feira (15), dentro de um poço no conjunto Wirland Freire em Itaituba, sudoeste do estado. Segundo informações preliminares, a vítima estava cavando um poço em uma residência do conjunto, quando o poço foi tomado por gás, porém não conseguiu sair do local a tempo. 
Equipes do Corpo Bombeiros foram acionadas e retiraram a vítima do poço, mas ele já estava sem vida. 
Muitos curiosos se aglomeraram no local. A Polícia Militar precisou ser acionada para conter as pessoas. 
(DOL com informações de Junior Ribeiro/Itaituba/Pararijos NEWS)

UFPA anuncia data de divulgação do listão

UFPA anuncia data de divulgação do listão (Foto: Divulgação)
Concurso oferta 5.650 vagas em 171 cursos de graduação distribuídos em 20 cidades. (Foto: Divulgação)
A Universidade Federal do Pará (UFPA) divulgou na tarde desta sexta-feira (15), a data de divulgação do listão de classificados no Processo Seletivo 2016 (PS 2016): dia 22 de janeiro, próxima sexta. 
O Centro de Processo Seletivos da Universidade (Ceps) recebeu hoje as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), dos candidatos inscritos no PS 2016 e já iniciou o processamento dos dados.
Ainda nesta sexta, estará disponível no www.ceps.ufpa.br o resultado da homologação das inscrições dos 110.639 candidatos inscritos no PS 2016. A recomendação da universidade é que cada estudante entre no sistema, com seu login e senha e verifique se sua inscrição foi homologada e, ainda, confirme se o CPF cadastrado lhe pertence.

“Tanto o cadastro do PS2016, quanto do Enem são baseados no número de CPF. Pedimos a lista de notas a partir dos CPFs inscritos na UFPA e o Ministério da Educação (MEC) nos enviou as notas conforme os CPFs cadastrados no sistema deles. Por isso, se houver algum problema relativo ao CPF, o  candidato poderá ficar de fora da seleção ou, conforme o caso, mesmo tendo seu nome publicado no listão de aprovados, estará sujeito a perder a vaga por incompatibilidade de dados”, alerta Marilucia Oliveira, diretora do Ceps/UFPA. Há casos em que o CPF informado na inscrição não corresponde ao do candidato inscrito no certame.
Além do CPF, o Ceps pede também que os candidatos observem seus dados em geral como RG e grafia correta do seu nome, para evitar incompatibilidade de dados no processamento do listão, como homônimos, por exemplo.
Inscrições não homologadas têm até terça (19) para recorrer. A atenção deve ser redobrada se o sistema apontar que a inscrição não está homologada. Neste caso, é preciso observar se o CPF cadastrado lhe pertence e entrar em contato com o Ceps, preferencialmente de forma presencial, o quanto antes. “Até a próxima terça-feira, vamos aceitar correções cadastrais desde que elas sejam devidamente justificadas”, adianta Marilucia Oliveira. 
Do total de 110.639 inscrições no PS2016, pouco mais de 120 apresentou algum problema e não teve nota fornecida pelo MEC à UFPA, o que representa cerca de 0,09% do total de inscritos. Em geral, esse número é referente a candidatos que faltaram às provas do Enem ou que cadastraram dados erradamente na UFPA ou no sistema de inscrição do INEP.
Números - Ao todo, a UFPA oferta 6.905 vagas em 171 cursos de graduação distribuídos em 20 municípios paraenses. 5.650 estão disponíveis no edital do PS 2016 e as demais, 1.255, foram ofertadas pelo Sistema de Seleção Unificada (SiSU), organizado pelo Ministério da Educação (MEC), cujo resultado será divulgado na próxima segunda-feira, 18 de janeiro.
Além dessas, há 320 vagas ofertadas para o curso de Educação do Campo em oito municípios paraenses, por meio do Processo Seletivo Especial 6 (PSE6) e 717 vagas ofertadas a candidatos de origem indígena, quilombola ou interessados no curso de Etnodesenvolvimento, por meio do Processo Seletivo Especial 5 (PSE5). Ambos ainda fazem as provas do concurso no mês de janeiro.
Mais de 771 vagas também foram disponibilizadas por meio do Edital do Processo Seletivo à Mobilidade Acadêmica (Moba), cujas inscrições estão abertas até o dia 12 de fevereiro. Juntos, os cinco concursos ofertam 8.713 vagas para ingresso na Instituição este ano.
(DOL/Pararijos NEWS)

PGR pede ao STF perda de mandatos dos senadores Collor e Delcídio

Nas denúncias que apresentou ao Supremo Tribunal Federal (STF) no ano passado, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu que seja declarada, em caso de condenação, a perda do mandato dos senadores Fernando Collor de Mello (PDT-AL) e Delcídio do Amaral (PT-MS), ex-líder do governo no Senado.
Os dois são suspeitos de envolvimento no esquema de corrupção na Petrobras investigado pela Operação Lava Jato.
As denúncias contra Fernando Collor e Delcídio do Amaral estão em segredo de justiça, mas o G1 confirmou que Janot encerra as denúncias em que solicita ao Supremo abertura de ação penal contra os dois senadores com pedido para que sejam obrigados a deixar o cargo.
(Pararijos NEWS)

Rodoviários denunciam irregularidades no Sindicato

Rodoviários denunciam irregularidades no Sindicato (Foto: Reprodução )
Parte da categoria denuncia irregularidades dentro do Sindicato dos Rodoviários de Belém. (Foto: Reprodução )
Um grupo formado por cerca de 300 trabalhadores rodoviários se reuniu nesta sexta-feira (15) para denunciar ao Ministério Público do Pará, irregularidades dentro do Sindicato dos Rodoviários de Belém e no processo eleitoral da categoria. Eles chegaram a fazer uma manifestação e interditar parte da avenida Almirante Barroso, no bairro de São Brás, em Belém.
De acordo com Edilberto Ventania, representante da categoria, os trabalhadores estariam inconformados com a arbitrariedade do presidente Altair de Lima Brandão e como o mesmo estaria conduzindo o pleito.
“Várias chapas estão concorrendo e as coisas estão sendo feitas às escuras. Nós denunciamos as irregularidades no pleito, pedimos fiscalização do Ministério Público e prestação de contas”, disse Ventania.
Parte da categoria reivindica ainda, a permanência do presidente, que estaria há oito anos no cargo, e querendo ir para seu terceiro mandato.
Os manifestantes prometem fazer um novo protesto, caso se sintam prejudicados.
(DOL/Pararijos NEWS)

Operação prende mula do tráfico de drogas

Operação prende mula do tráfico de drogas (Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
Paloma Rodrigues da Silva, 18 anos, e Adriano Trindade foram presos durante operação da Polícia Civil e Militar de combate ao crime de tráfico de droga e repressão a criminalidade na cidade de Redenção, no sudeste paraense.
A Operação foi desencadeada na noite de quinta-feira (14). Paloma, natural da cidade de Colinas-TO, residente na rua C-12, Setor Atila Douglas, em Redenção, foi presa quando trafegava em um veículo de passeio transportando uma quantidade de droga  pela rodovia BR-155. 
De acordo com o delegado Antônio Miranda Neto, a acusada trabalhava como mula, a mando do tráfico, sendo responsável pelo transporte de 30 kg de drogas por semana para a cidade de Belém. A acusada transportava maconha, crack, haxixe, e outros tipos de entorpecentes que abasteciam o comércio ilegal do tráfico da capital do Estado.
Juntamente a mulher, a polícia indiciou pelo crime de tráfico e associação criminosa, o detento Adriano Trindade, que segundo a polícia estaria comandando o tráfico do interior do Presídio de Redenção.  
A prisão foi resultado de uma ação articulada da Polícia Militar e Civil que consegui desmantelar uma das rotas do tráfico na região do sul do Pará.
(Pararijoa NEWS/DOL com informações de Dinho Santos/Redenção)

Praia de Alter do Chão terá novo modelo de barracas

Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação
O modelo da barraca foi projetado pelo engenheiro e diretor da Associação Comercial e Empresarial de Santarém (Aces), Roberto Branco. “Elas serão suspensas da areia e não mais no chão. Terá assoalho, o que dará mais tempo para ser usada durante o inverno e também quando o rio estiver baixando. Ela [a barraca] vai para o fundo igual as outras para não interferir na paisagem e procuramos apenas melhorar a qualidade, como sistema de água, esgoto. Dará um visual melhor para os visitantes que forem a Alter do Chão”, explica.
Ainda segundo o diretor da Aces, o novo formato das barracas é ecologicamente sustentável, com madeira de lei, assoalho, varanda e cobertura em palha, com um visual mais atrativo, moderno e confortável para o principal cartão postal da região. A primeira etapa do projeto começou a ser construída em dezembro de 2015 e conta com apoio financeiro de algumas empresas privadas da cidade. Os barraqueiros da vila passarão ainda por treinamento para melhor atender os clientes.
A modernização das barracas é uma iniciativa da Associação Comercial e Empresarial de Santarém (Aces) e faz parte do planejamento da Câmara Setorial de Turismo. As ações de melhorias na Infraestrutura turística da vila balneária vêm ocorrendo desde janeiro de 2015 por meio de parceria com a Associação dos Barraqueiros de Alter do Chão e Prefeitura de Santarém (PMS).
Estrutura
A barraca possui área total de 100 m² incluindo área do assoalho, área coberta e varanda.  A área coberta mede 50m². A cobertura é feita em palha, uma matéria prima natural típica da região. A parede é feita em bambu. O espaço possui rede hidráulica interna, banheiro químico e sistema de esgoto específico. (Pararijos NEWS)

Re-Pa de uma torcida só, mas PM diz que ideia não está fechada


A maior magia que envolve o Re-Pa voltou a ser colocada em risco após uma reunião realizada na última quarta-feira,13. Entidades públicas conversaram acerca da segurança e do trânsito no que diz respeito aos jogos e, ao mencionar o Clássico Rei da Amazônia, surgiu a proposta de se deixar a partida com apenas uma das torcidas.
A escolha de qual torcida teria entrada liberada obedeceria ao mando de campo do clube, o que, na teoria, evitaria desgastes dentro do estádio e deixaria o tráfego de veículos menos afetado.
A questão ganhou o universo dos debates rapidamente e o tenente coronel Sidney Profeta, do Batalhão de Eventos da Polícia Militar que estava na reunião, reiterou que não há uma proposta oficial da corporação para tal medida.
“Esta situação ainda não está fechada. Isto foi uma sugestão colocada para garantir a segurança e trazer menos transtorno à população, que vai e que não vai ao estádio” O assessor de imprensa da PM, Coronel Leno Carmo, informou que o assunto está em fase de discussão.
A única possibilidade de Remo e Paysandu se encontrarem no primeiro turno do campeonato paraense será se conseguirem se classificar às semifinais em posições distintas, ou se passarem à final.(Pararijos NEWS)

Bandidos foram rechaçados a tiros pela segurança da colônia Heleno Fragoso e fugiram

Policiais militares que trabalham na Colônia Penal Agrícola de Santa Isabel (CPASI) Heleno Fragoso, na Região Metropolitana de Belém, impediram que um grupo de bandidos resgatasse detentos da carceragem. A tentativa de resgate frustrada ocorreu por volta das 22h da noite de quarta-feira (14). Os bandidos estavam em um carro preto, que foi abandonado, após intensa troca de tiros. A Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe) confirmou, em nota, a tentativa de resgate e garantiu que nenhum detento escapou e ninguém ficou ferido.
Um dos presos que seria resgatado foi recapturado antes de concluir a fuga e o carro será periciado em busca de pistas para identificar e localizar os integrantes do grupo que faria o resgate. A Susipe e a Polícia Militar reforçaram a segurança da CPASI após o tiroteio. O prédio terá segurança extra até o final das investigações que estão sendo conduzidas pela Delegacia de Santa Isabel do Pará. (Pararijos NEWS)

12 dicas para acelerar a perda de peso semanal

12 dicas para acelerar a perda de peso semanal (Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)
Começo de ano é aquela época em que muita gente faz planos e promessas para os meses que estão por vir e uma das resoluções que geralmente aparece nessas listas é perder peso. Mas como fazer com que esse projeto não se torne uma promessa não cumprida, sem precisar seguir uma dieta restrita, tomar algum tipo de remédio para emagrecer ou tirar alguma comida da alimentação por muito tempo? O jeito é começar aos poucos e fazer pequenos sacrifícios.

Pensando nisso, reunimos uma série de dicas que ajudam a perder peso por semana, dadas por especialistas do mundo todo. A recomendação é escolher ao menos quatro delas e seguir fielmente durante sete dias. Claro que se você conseguir aderir a mais de quatro, será melhor ainda, já que provavelmente perderá mais peso.

Abaixo você confere quais são essas 12 sugestões:
1. Tomar mais água
Para quem quer emagrecer, a melhor opção de bebida, sem dúvida, é a água. Isso porque bebidas esportivas, batidas de fruta ou uma cerveja clara contêm aproximadamente 100 calorias por porção. Sem contar o fato de que eles não deixam o organismo tão satisfeito quanto 100 calorias de alguma comida conseguem fazer, o que é um desperdício.

Há ainda as bebidas que podem ser ricas em sódio e carboidratos, que fazem com que o corpo retenha água, o que dá aquela aparência desagradável de inchaço. Enquanto isso, a água tem zero calorias, nada de carboidratos e praticamente nenhuma quantidade de sódio. Como se não bastasse, ela ainda ajuda a acabar com o excesso de líquido no corpo e melhora o metabolismo.

Quem achar muito sem graça beber só água durante grande parte do dia, pode adicionar fatias de limão ou folhas de menta à bebida.
2. Cortar pão branco e macarrão
Cortar os alimentos de grãos brancos como arroz branco, espaguete e pães ajuda a emagrecer porque os carboidratos simples presentes na composição desses alimentos trazem inchaço ao corpo, especialmente na região da barriga.

A médica Jana Klauer explica por que isso acontece: os carboidratos têm a digestão muito rápida, o que logo deixa a pessoa com fome e mais propensa a comer em excesso mais tarde.

Uma opção poderia ser substituir esses alimentos por versões mais saudáveis feitas de grãos integrais, mas esses também causam inchaço ao corpo. Por isso, a solução é ser um pouco mais radical e trocá-los por vegetais durante uma semana.

Transforme um sanduíche de frango em uma salada de frango e troque frituras por sticks de cenoura, por exemplo. Os carboidratos complexos presentes nos vegetais demoram mais tempo para serem digeridos e deixam o organismo satisfeito por mais tempo. E como eles são compostos em boa parte por água, ajudam a eliminar o excesso de líquido presente no corpo.
3. Fazer exercícios aeróbicos 30 minutos por dia
Fazer um exercício que acelera o coração ajuda a queimar calorias. Mas se você escolher um treino aeróbico que trabalhe vários músculos do corpo ao mesmo tempo, a atividade pode ser ainda mais eficiente, segundo a personal trainer Wendy Larkin.

Entre as opções sugeridas estão o spinning, o kickboxing aeróbico e fitness militar (boot-camp). Meia hora queima em torno de 200 a 300 calorias, ao mesmo tempo em que tonifica os braços, pernas e músculos do tronco.

Outro conselho dos treinadores é alternar sessão curtas e intensas de atividade aeróbica com exercícios mais leves para gastar ainda mais calorias.
4. Tomar café uma hora antes de malhar
A exceção para a regra de tomar muita água durante o dia é beber uma xícara de café uma hora antes de começar a treinar. Assim como a bebida ajuda a deixar mais aceso e a ser mais produtivo no trabalho, tomar uma xícara de café pouco antes de malhar te dará mais energia para fazer os exercícios.

“Você queimará mais calorias sem perceber que está se esforçando mais”, afirmou a Dra. Jane Klauer.
5. Fazer sexo
Não que seja preciso arranjar uma desculpa para ter uma noite íntima como o marido ou a esposa, o que temos aqui é apenas um incentivo a mais, especialmente se você estiver por cima na hora da relação. É que essa posição faz com que você se movimente mais durante o sexo e elimine cerca de 144 calorias em 30 minutos.

Isso sem mencionar que a atividade sexual aumenta os níveis de neurotransmissores bons e da endorfina, que ajudam a aliviar aqueles desejos loucos por comida.
6. Fazer 36 flexões de braço ou lunges em dias alternados
A flexão de braço e os lunges – exercício em que um dos joelhos vai de encontro ao chão e são trabalhadas as coxas, também chamado de afundo – ajudam a esculpir os músculos. A dica é fazer três sessões com 12 repetições de cada um dos exercícios em dias alternados.

A treinadora Wendy Larkin explicou que enquanto as flexões trabalham os músculos superiores, os lunges mexem com o bumbum, o quadril e as coxas.

Uma dica para melhorar a tonificação dos músculos durante as flexões é certificar-se de que as costas e as pernas fiquem retinhas durante o exercício. Nos lunges, dá para criar ainda mais músculos se segurar pesos livres em cada uma das mãos enquanto executa os movimentos.
7. Dormir meia hora a mais
Não importa se você tem o costume de dormir cinco ou oito horas por noite, meia hora a mais de sono pode te deixar mais disposto e impedir que você faça escolhas erradas de comida, como tomar uma café da manhã rápido e rico em açúcar para ganhar mais energia e não te deixará mais sonolento e com vontade de matar aquela aula de academia que você agendou para antes do trabalho, como alertou a nutricionista Esther Blum.

Além disso, uma boa noite de descanso ajuda a melhorar o metabolismo e enquanto você dorme ocorre a construção de músculos no seu corpo.
8. Faça um sacrifício alimentar
Corte ao menos uma daquelas comidinhas que você sabe que não colaboram com o emagrecimento, mas que você não consegue ficar sem. Pode ser aqueles salgadinhos que você come no meio do trabalho, os doces que saboreia no caminho para casa ou o bolo de chocolate que você tem de sobremesa depois do jantar. Em uma semana essas calorias a menos certamente farão diferença no seu corpo.
9. Não deixe que a câmera te engorde
Essa dica pode não dar efeitos reais ao seu peso, mas te ajudará a sair melhor nas fotos. Quando for posar para a câmera, coloque o queixo para a frente, mantenha os braços longe do corpo e fique levemente de lado para a máquina com um pé em frente ao outro.
10. Coma salmão no almoço
Cheio de ingredientes que ajudam na tonificação dos músculos e deixam a pele com um aspecto mais saudável e brilhante, o salmão é uma excelente opção de prato para o almoço. Alguns nutricionistas até afirmam que comer uma porção do peixe faz com que o rosto fique imediatamente mais contornado, sem importar a maneira como o alimento é preparado.
11. Mantenha-se com o corpo reto
Essa dica segue a mesma linha do tópico 9 e contribui com uma aparência mais fininha. Ficar em uma posição reta, deixando a espinha rígida e os ombros para baixo, ao mesmo tempo em que murcha a barriga dá um aspecto mais magro ao corpo.
12. Faça agachamentos e abdominais
Essa é a mais técnica utilizada por competidores do fisiculturismo antes de entrarem em disputa para deixarem os músculos mais definidos. Três sessões com 12 repetições de cada um desses exercícios deixam o abdômen, o bumbum e as pernas com esse efeito.
(Pararijos NEWS/DOL com informações do R7)

Suspensa a licença de usina

Pedido de suspensão da licença de operação da hidrelétrica de Belo Monte foi apresentado à Justiça Federal pelo MPFPedido de suspensão da licença de operação da hidrelétrica de Belo Monte foi apresentado à Justiça Federal pelo MPF
A Justiça Federal do município de Altamira, no Estado do Pará, determinou a suspensão da licença de operação da usina hidrelétrica de Belo Monte até que a Norte Energia S/A e o governo brasileiro cumpram a obrigação de reestruturar a Fundação Nacional do Índio (Funai) na região para atender as comunidades indígenas impactadas pelo projeto. A condicionante já constava na licença prévia da usina, concedida em 2010, mas nunca foi cumprida. Em 2014, o Ministério Público Federal (MPF) acionou a Justiça Federal, que ordenou, por meio de liminar, o cumprimento da condicionante. Até hoje, com todos os impactos atingindo severamente os povos indígenas, a reestruturação não aconteceu.
A liminar inicial do processo é de janeiro de 2015. E ordenava a apresentação, em 60 dias, de um plano de reestruturação, que deveria incluir a construção de sede própria para a Funai e contratação de pessoal suficiente para atender as demandas geradas pela usina de Belo Monte no atendimento aos oito povos indígenas impactados pela hidrelétrica. O governo federal e a Norte Energia não apresentaram o plano até hoje e o MPF comunicou à Justiça Federal o descumprimento e solicitou medidas mais rigorosas. Como resposta, a juíza Maria Carolina Valente do Carmo determinou "a suspensão dos efeitos da licença de operação da UHE Belo Monte até a satisfação da obrigação condicionante referente à reestruturação da Funai, de modo a garantir as condições necessárias ao acompanhamento da implementação das demais medidas e condicionantes relacionadas ao componente indígena".
Em vez da reestruturação, o que ocorreu entre 2010, data da primeira licença de Belo Monte, até 2015, data da última licença, foi a desestruturação da Funai. Continua sem sede própria, foram retirados todos os postos das aldeias em 2012 e tem hoje 72% menos funcionários para atuar com os povos indígenas. O governo federal chegou a informar à Justiça, no ano passado, que o problema dos funcionários seria resolvido com a realização de um concurso público, mas até hoje não apresentou cronograma para isso. E a situação se agravou, com mais funcionários se afastando ao longo do ano. Em 2011 eram 60 servidores, hoje são apenas 23. (Pararijos NEWS)

“El Chapo” foi preso por flertar com atriz

“El Chapo” foi preso por flertar com atriz (Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)
O narcotraficante mais procurado do mundo, “El Chapo” Gusmán, pode ter sido recapturado por seu fascínio pela atriz Kate Del Castillo. Autoridades mexicanas interceptaram mensagens entre os dois, o que teria facilitado a prisão do criminoso.
(Reprodução/Facebook)
Os dois mantinham um relacionamento para lá de afetuoso. “Você é o que há de melhor nesse mundo. Cuidarei mais de você que dos meus próprios olhos”, disse a atriz. E as respostas seguem a mesma linha. “Me comove muito você dizer que cuida de mim, jamais alguém cuidou de mim”, respondeu Guzmán.
Coincidentemente Kate interpretou o papel principal na novela “A Rainha do Tráfico”. A atriz, que é radicada nos Estados Unidos, intermediou a entrevista de “El Chapo” ao ator norte-americano Jean Penn.
E Por ter a vontade de ver sua história contada no cinema, Kate virou uma espécie de assessora do traficante, inclusive, publicamente afirmou que confiar mais em Guzmán do que no governo.
Após sua fuga, há seis meses atrás, o traficante ficou ansioso para encontrar a atriz, pela qual, segundo as autoridades Guzmán tinha uma obsessão.
Com isso, o traficante teria descuidado de sua segurança e abandonou seu esconderijo em Sinaloa para ir a Los Mochis, combinar outro encontro com Kate. Na cidade localizada ao norte do México “El Chapo” foi preso.
(Pararijos NEWS/DOL com informações do Jornal El País)

15 municípios vão ficar sem energia no domingo

15 municípios vão ficar sem energia no domingo (Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
A Celpa (Centrais Elétricas do Pará) informou nesta sexta-feira (15) que 15 municípios paraenses terão o fornecimento de energia interrompido neste domingo (17). A suspensão deve ocorrer pela manhã, no horário entre 6h45 e 8h15.
O desligamento deverá afetar os municípios de Altamira, Senador José Porfírio, Anapú, Vitória Do Xingu, Brasil Novo, Medicilândia, Uruará, Placas, Santarem, Belterra, Rurópolis, Itaituba e Trairão. As zonas rurais das cidades de Prainha e Aveiro também serão afetadas.
De acordo com a Celpa, o desligamento foi uma solicitação da Eletronorte para que seja feita "uma das etapas das obras que possibilitarão a conexão da Usina de Belo Monte ao Sistema Interligado Nacional".
(DOL/Pararijos NEWS)

Congresso Espírita reunirá dez mil pessoas no Hangar

Divaldo Franco é um dos principais conferencistas do evento espírita em BelémDivaldo Franco é um dos principais conferencistas do evento espírita em Belém
Dez mil pessoas deverão participar, hoje, da abertura do III Congresso Espírita Paraense, a partir das 17 horas, no Hangar ­ Centro de Convenções da Amazônia. Na abertura da programação, que continuará amanhã (17), sempre no Hangar, haverá a palestra gratuita do conferencista Divaldo Franco. Ele vai falar sobre “O Amanhecer de uma nova era: trazendo esperanças e consolações”. Promovido pela União Espírita Paraense (UEP), o congresso tem como tema “Justiça Divina: consolo para a humanidade”.
Conferencista espírita nacional e internacional, Divaldo Franco já psicografou mais de 220 obras, que alcançaram sete milhões de exemplares, dos quais 104 títulos traduzidos para 16 idiomas. Seu tempo também é empregado à causa espírita e às crianças excluídas das periferias de Salvador, na Bahia. A partir das 17 horas, os conferencistas vão autografar seus livros. Também será feita homenagem a Raul Teixeira, do Rio de Janeiro, convidado especial. Em sua terra natal, Raul e outras pessoas fundaram, na década de 1980, a Sociedade Espírita Fraternidade (SEF), cujo departamento social, Remanso Fraterno, faz trabalho de assistência a crianças pobres e a seus familiares. Ele é licenciado em Física pela Universidade Federal Fluminense, mestre em Educação pela mesma universidade e doutor em Educação pela Universidade Estadual Paulista (Unesp).
Segundo a UEP, trata-se de um grande evento que reúne palestrantes reconhecidos nacional e mundialmente, oportunidade para saber mais sobre a doutrina, analisar a história e os acontecimentos na perspectiva da Justiça Divina, sob a luz do Espiritismo, em diversas abordagens, nas apresentações musicais e na exposição de atividades de centros espíritas do Estado. O seminário já faz parte do calendário bienal dos grandes eventos na capital paraense. (Pararijos NEWS)

Aumenta piso salarial dos professores

O ministro Aloizio Mercadante pediu negociação entre trabalhadores e governosO ministro Aloizio Mercadante pediu negociação entre trabalhadores e governos
O piso salarial dos professores terá reajuste de 11,36%, anunciou ontem o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, informou a Agência Brasil. Com isso, o valor passa de R$ R$ 1.917,78, em 2015, para R$ 2.135,64, em 2016. O índice representa um aumento real de 0,69%, considerando a inflação oficial de 10,67%. Ontem, o Ministério da Educação (MEC) recebeu dos estados e municípios pedido de adiamento do reajuste para agosto e que o índice fosse 7,41%. Ao anunciar o valor, Mercadante ressaltou que a pasta apenas cumpre a lei vigente. “Muitos estados e municípios têm uma situação mais sensível, o que a gente pede é que haja disposição de diálogo, de busca de negociação entre sindicatos e governos, para que seja pactuado –  onde não há condições –, com transparência, uma política de pagamento do piso que seja compatível [com a situação local]”, disse Mercadante.
Pela lei, o piso vale a partir de janeiro, mas o ministro destacou que isso pode ser negociado entre trabalhadores e governos.
O piso salarial dos docentes é reajustado anualmente, seguindo a Lei 11.738/2008, a Lei do Piso, que vincula o aumento à variação ocorrida no valor anual mínimo por aluno definido no Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).
Desde 2009, com o início da vigência da lei, até 2015, segundo Mercadante, o piso dos docentes teve aumento real, ou seja, acima da inflação no período, de 46,05%. Mercadante disse que o percentual de aumento foi um dos maiores entre todas as categorias, públicas ou privadas, mas reconheceu que há uma desvalorização histórica dos salários dos professores. “Herdamos uma situação de salários muito baixo dos professores. Apesar desse crescimento, ainda é um salário pouco atrativo”.  (Pararijos NEWS)

Escola apresenta figurino das alas para o carnaval

Escola apresenta figurino das alas para o carnaval (Foto: Leandro Nascimento/Site Oficial )
Pará terá destaque no carnaval de São Paulo com a X-9 Paulistana (Foto: Leandro Nascimento/Site Oficial )
A escola de samba paulista X-9 Paulistana apresentou por meio de seu site oficial, as fantasias que irão compor o samba enredo da agremiação, que no carnaval de São Paulo irá contar a história de Belém.
Ao todo serão 22 alas que vão apresentar na passarela do samba a história da “cidade das mangueiras”, que recentemente completou 400 anos.
(Foto: Leandro Nascimento/Site Oficial X-9 Paulistana)
Em algumas alegorias são destacados o açaí, fruta típica do Pará, a Belém da Belle Epoque, no auge do ciclo da borracha e o tecno brega, que vem ganhando adeptos em todo o Brasil.
A Escola de Samba X-9 Paulistana irá desfilar no dia 6 de fevereiro, às 4h da manhã (Horário de Belém) na segunda noite de desfiles do carnaval paulista.
(Diego Beckman/DOL/Pararijos NEWS)

“Não sou gatinha, sou leoa”


Priscila Pires está parecendo até outra mulher. Para quem lembra da vice-campeã do “BBB 9” há apenas dois anos, com 33 quilos a mais após dar à luz o segundo filho, é quase inacreditável a transformação que ela conseguiu. Em seu quarto ensaio para o “Paparazzo” -que vai ao ar na próxima segunda-feira (18)-, a ex-BBB acredita estar com o melhor corpo que já teve, com 59kg distribuídos por 1,60m de altura: “Não emagreci mais, só fiz a troca de gordura por músculo”, explica Priscila, que diz estar mais segura. Mas revela que ainda não chegou ao seu objetivo: “Não estou satisfeita ainda. Estou no meio do caminho. Quero muitos gominhos. Mas na metade já estou me achando ótima. Imagina quando chegar onde eu quero... Vou enfartar!”, brinca a morena, que já postou fotos mostrando antes e depois da mudança de visual.
Com a boa forma, a autoestima também aumentou. E, após muitos anos pensando apenas nos outros -marido, filhos, empresa-, ela está cuidando mais de si. Solteira há seis meses, após se separar do empresário Bruno Andrade, com quem teve dois filhos, Priscila desabafa:  “Estava precisando cuidar mais de mim. Me deixei de lado pela minha família. Engordei, me ofusquei. Agora, só meus filhos continuam na frente de mim. Estou me sentindo mais sexy, mais pronta! Não sou mais gatinha, agora sou leoa”, afirma ela, que está com 33 anos e é mãe de Gabriel, 3, e Pietro, 2.  (Pararijos NEWS)

PM encontra armas e drogas em presídio

PM encontra armas e drogas em presídio (Foto: Divulgação/PM)
Tanto no CRCAST de Castanhal quanto no CRPP de Paragominas foram achados drogas e armas. (Foto: Divulgação/PM)
Após a festa registrada pelas próprias detentas, dentro do Centro de Recuperação Feminino, em Ananindeua, com bebidas alcoólicas e muita música, e publicada ontem no DIÁRIO, a “farra” continua no sistema penitenciário do Pará. Na manhã de ontem, policiais militares e agentes prisionais encontraram 9 telefones celulares, 9 estoques (facas artesanais), além de drogas no Centro de Recuperação da cidade de Castanhal (CRCAST), região do nordeste paraense. A revista iniciou às 9h30min e só terminou às 12h30min, segundo informou o tenente coronel França, comandante do 5º Batalhão de Polícia Militar (5º BPM).

Dentre as drogas, os policiais descobriram 16 “pacotinhos” de pasta base de cocaína, uma porção de maconha e 4 cachimbos usados para o consumo de crack. Todo o material ficou de ser apresentado na delegacia de Polícia Civil do centro da cidade, para que um inquérito seja aberto na tentativa de descobrir de que forma os entorpecentes foram parar dentro da unidade prisional. O CRCAST tem como diretor Romildo Araújo da Cunha Junior, que não se pronunciou sobre o assunto.

Ainda na manhã de ontem, agentes prisionais e policiais militares também realizaram uma revista no Centro de Recuperação da cidade de Paragominas (CRRP) e lá encontraram 20 aparelhos celulares, 11 carregadores de aparelhos celulares, 20 estoques, 4 cachimbos, 99 papelotes de maconha e 71 “pacotinhos” de pasta base de cocaína.

(Tiago Silva/Diário do Pará/Pararijos NEWS)

Sobe o valor da parcela do seguro-desemprego: agora R$ 1.542,24

O valor da maior parcela do seguro-desemprego aumentou R$ 156,33 neste ano. Subiu de R$ 1.385,91 em 2015 para R$ 1.542,24 neste ano. Os novos valores do benefício vigoram desde a segunda-feira, 11, com base em circular divulgada pelo Ministério do Trabalho e Emprego.
A correção dos valores pagos é válida para todos os trabalhadores desempregados sem justa causa, pescadores artesanais em período do defeso, trabalhadores resgatados em condições análogas a de escravo e profissionais com contratos de trabalho suspenso (lay-off).
No ano de 2015, mais de oito milhões de pessoas na modalidade de trabalhador formal deram entrada no pedido de seguro-desemprego. Desse total, 1.925.298 tinham média salarial que deu direito à parcela máxima do benefício e 670.801 tiveram direito ao piso do benefício, que, em 2015, correspondia a R$ 788,00, valor do salário mínimo naquele período. (Pararijos NEWS)

Navio garante abastecimento em Belém

 Caminhões de distribuidoras de combustíveis são abastecidos com a gasolina transportada por navio Caminhões de distribuidoras de combustíveis são abastecidos com a gasolina transportada por navio
O abastecimento de combustíveis de alguns postos da Região Metropolitana de Belém deverá ser normalizado até o final da manhã de hoje. Ontem, por exemplo, faltou gasolina nas bombas de postos de combustíveis da capital paraense. As informações são do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis e Lojas de Conveniência do Estado do Pará (Sindicombustíveis).
Na manhã de ontem, à rodovia Arthur Bernardes, no bairro do Barreiro, muitos caminhões aguardavam estacionados a chegada do combustível nas bases das distribuidoras como Ipiranga e Petrobras. Também na manhã de ontem, a reportagem de O LIBERAL encontrou três postos de combustíveis fechados. Um na avenida Pedro Álvares Cabral, da bandeira Shell; outro na avenida Tavares Bastos, da bandeira PDV; e um terceiro à rodovia Arthur Bernardes, da Petrobras.
O caminhoneiro José Henrique, 60 anos, do município de Santa Maria do Pará, no nordeste paraense, aguardava desde às 5 horas na base de distribuição da empresa Ipiranga o carregamento de gasolina. "Desde o início de segunda-feira que está assim. O estacionamento dos caminhões está cheio. Acho que meia-noite volto para Santa Maria", disse. (Pararijos NEWS)

UFPA aumenta a exigência

A Universidade Federal do Pará (UFPA) divulgou ontem uma nova regra de corte para os candidatos do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Só poderão concorrer a vagas da instituição pelo sistema os estudantes que tiverem obtido mais de 400 pontos nas provas de conhecimento e mais de 500 pontos na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2015.
Mais de 35 mil estudantes se candidataram até terça-feira (12) a 1.225 vagas ofertadas pela universidade em 135 graduações no Sisu. O número corresponde a 20% do total de vagas disponíveis em 2016. O curso de Medicina da Federal do Pará continua entre as maiores notas de corte do país.
Para garantir uma das 15 vagas do curso (sendo sete para o primeiro semestre e oito para o segundo) o estudante deve ter, no mínimo, 872,04 pontos. Na parcial divulgada na última terça-feira, a nota de corte da UFPA foi de 868,38 pontos.
O curso de Direito (Matutino) tem a segunda maior nota de corte da UFPA com 853,53 pontos. Para entrar em Engenharia Naval o estudante precisa de 838,38 pontos e em Arquitetura e Urbanismo de 832,77. A lista com os nomes dos aprovados no Sisu será divulgada na próxima segunda-feira (18), no site do sistem a de seleção. Os aprovados devem fazer as matrículas na universidade entre os dias 22 e 26 de janeiro.
Na matrícula os estudantes devem apresentar o RG, CPF, título de eleitor, comprovante de quitação com as obrigações militares (para candidatos homens maiores de 18 anos), histórico escolar e comprovante de conclusão do ensino médio. Quem for aprovado na condição de cotista deve levar documentação que comprove a renda familiar per capita menor ou igual a 1,5 salário mínimo.
No Pará, além da UFPA, ofertam vagas pelo Sisu o o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará (IFPA), a Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) e a Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Univesspa).  (Pararijos NEWS)

Assaltante mata um açougueiro


O açougueiro Edson de Sá Cavalcante, de 45 anos, foi vítima de um latrocínio, dentro do comércio do qual era sócio, no bairro Centro de Santa Izabel do Pará, na manhã de ontem. O assaltante atirou uma vez na coxa da vítima e a veia femoral se rompeu. A vítima foi socorrida por testemunhas, mas não resistiu.
Edson chegou ao açougue por volta das 8 horas. Uma testemunha ouvida pelo delegado Paulo Henrique Ribeiro Júnior, da delegacia de Santa Izabel, disse que pouco tempo depois de a vítima abrir o estabelecimento, um homem de capacete desceu da garupa de um mototáxi com arma na mão. Ele exigiu que Edson entregasse dinheiro e o celular. Sem reagir, o açougueiro tentou pegar o celular do bolso da bermuda, mas o assaltante pensou que ele estivesse tentando pegar uma arma e atirou. Algumas joias da vítima foram roubadas. O executor fugiu com o mesmo mototaxista com o qual chegou.
Vizinhos e clientes imediatamente socorreram Edson, que perdeu muito sangue e desmaiou em poucos minutos. O açougueiro foi levado numa picape particular para o Hospital Municipal de Santa Izabel. Ele foi atendido rapidamente, mas não resistiu ao ferimento. A esposa dele chorava muito no local e implorava por socorro.
O delegado trabalha com a linha de investigação de latrocínio, mas outras hipóteses não serão descartadas. Isto porque, segundo a testemunha, a vítima não reagiu, e o crime pode ser uma execução. No local não havia câmeras, que poderiam ajudar na identificação do assassino e do mototaxista que estava com ele. Sabe-se apenas que eles fugiram em direção à rodovia BR-316. A polícia espera encontrar alguma câmera no trajeto.
Edson foi a segunda pessoa que morreu com uma lesão na veia femoral em dois dias, na Região Metropolitana de Belém. A outra vítima foi o servidor público Ivandro Nogueira Rodrigues, de 37 anos, que levou um tiro na coxa durante um atentado na casa dele, no distrito de Outeiro, em Belém.
Ivandro lutou com um homem após ouvir os disparos contra a esposa dele, Leidiane Modesto, de 37 anos, que segue internada no Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE). O crime está sendo investigado pela delegacia de Outeiro. O casal participava de projetos e movimentos sociais. Leidiane concorria ao cargo de conselheira tutelar. (Pararijos NEWS)

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Paraense é destaque e avança na Copinha

Paraense é destaque e avança na Copinha (Foto: Arquivo Pessoal)
(Foto: Arquivo Pessoal)
O jovem de Benevides Thallyson Gabriel, 20 anos, trilha um caminho vitorioso na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Há dois anos vestindo as cores do Sport, o paraense ainda é capitão do time e foi titular nos cincos jogos disputados na competição. O Leão da Ilha avançou para às oitavas de final da Copinha com 100% de aproveitamento.
Desde 2014 o jovem veste a camisa do Leão da Ilha (Foto: Arquivo Pessoal)
“No ano passado, fomos até a segunda fase; já esse ano, a expectativa é boa a gente que até agora sofremos um gol. O nosso time está bem preparado e focado para chegar bem mais longe nessa competição. E nosso objetivo é chegar na final”, explicou o jovem, que tem contrato com o clube até 2017.
Agora, os garotos rubro-negros terão pela frente a equipe do Mirassol-SP.
Thallyson começou a sua carreira aos 15 anos no Paysandu. Passou um ano no clube e atravessou a avenida. No Remo o jogador também passou o mesmo tempo, onde disputou o Campeonato Paraense Sub-17. Porém por falta de oportunidade não conseguiu subir de categoria.
Thallyson é capitão do Sport (Foto: Arquivo Pessoal)
“Teve uma peneira do Sport em Belém e acabei sendo aprovado e, em 2014, comecei a minha trajetória no clube”, contou. No Leão da Ilha, o paraense se tornou campeão pernambucano sub-20 no ano que chegou ao time.
Agora, Thallyson só pensa sem se destacar na Copinha e cada vez mais colher frutos do seu trabalho. “Depois que eu vim para o Sport as coisas começarem a melhorar, tenho mais oportunidades e sou valorizado pelo clube, coisa que não acontecia no Pará. É bom ser reconhecido pelo seu trabalho”, finalizou o jovem.
(Bruna Dias/DOL/Pararijos NEWS)

Polícia apreende R$ 84 milhões em drogas


Uma carga de cocaína avaliada em 21 milhões de dólares (ou R$ 84 milhões) foi apreendida ontem à tarde, no Terminal de Carga Aérea do Aeroporto Internacional de Belém. Aproximadamente 60 quilos do entorpecente estavam distribuídos no interior de seis cilindros de aço e tinham a Austrália como destino. Dois homens - um amazonense e um colombiano - foram presos, apontados como as pessoas que contrataram uma empresa para fazer o envio do material. Os cilindros de aço faziam parte de um equipamento de panificação conhecido como “masseira”. Cada uma das masseiras tinha dois cilindros, que foram preenchidos com cocaína compactada.
Uma empresa de “trading” especializada em fazer envio de encomendas para o exterior foi contratada pelos dois acusados para despachar três masseiras para a Austrália. As caixas com os equipamentos de panificação foram levadas até o Terminal de Carga Aérea do aeroporto por volta das 14 horas. O auditor fiscal da Receita Federal Iranilson Brasil teve várias desconfianças com relação à mercadoria.
As máquinas são fabricadas por uma empresa no Rio Grande do Sul, portanto não teria motivo para primeiro ter vindo para o Pará e daqui enviada para a Austrália. Como um dos donos da carga é amazonense, também não fazia sentido que tivesse vindo do Amazonas para despacho em Belém, quando seria mais fácil enviar direto de Manaus, via Panamá, para a Austrália. O recebimento seria na Austrália, o que também levantou suspeitas, pois era improvável que a pessoa tivesse comprado as máquinas aqui no Brasil e não na China, por exemplo, onde o preço é bem mais baixo.
Além disso, o peso declarado das masseiras não condizia com o peso real. Cada máquina deveria pesar no máximo 41 quilos, mas na verdade estavam pesando cerca de 64 quilos cada. O auditor fiscal entrou em contato com o fabricante das masseiras, que garantiu que em nenhuma hipótese o equipamento pesaria 64 quilos. Iranilson então questionou o funcionário da empresa de “trading” sobre quem contratou o serviço e soube que se tratava de um amazonense e um colombiano.
Desconfiado de que havia algo suspeito nas máquinas, o auditor fiscal usou uma broca para perfurar um dos cilindros. A broca saiu repleta de um pó branco, que após o teste deu positivo para cocaína. Os seis cilindros foram retirados das masseiras e cada um tinha aproximadamente dez quilos da droga, totalizando 60 quilos. De acordo com Iranilson, cada quilo é transformado em cinco quilos, após processamento do entorpecente, o que totaliza 300 quilos de cocaína. E, na Austrália, cada quilo é vendido por aproximadamente US$ 70 mil, o que resulta em um valor de US$ 21 milhões.
Iranilson afirmou que o trabalho para esconder a droga foi muito bem feito. “Estava tudo quase perfeito, nem no equipamento de raio-x deu pra ver. Nem um cachorro treinado conseguiria farejar, justamente por causa do aço que envolvia o entorpecente. Neste caso foi preciso um cuidado detalhado para descobrir que algo estava errado com aquela mercadoria”, explicou. Segundo ele, o responsável pela empresa de “trading” não era suspeito. “Eles trabalham com isso, são contratados para resolver toda a logística de envio para o exterior. Então acredito que a empresa não sabia que a carga transportava droga”, afirmou.
Após comprovar que se tratava de cocaína, o auditor fiscal entrou em contato com a Polícia Federal (PF), para elaboração de um plano. “A ideia era prender os donos da carga e sabíamos que eles se encontrariam com a pessoa que veio fazer o despacho das máquinas. Então nós dissemos ao funcionário da empresa de “trading” que estava tudo certo, que a carga seria enviada para a Austrália. Quando ele saiu do terminal de cargas e chegou ao estacionamento, o amazonense e o colombiano estavam no local. A Polícia Federal então deu voz de prisão à dupla”, disse.
Os nomes dos suspeitos não foram divulgados, para não atrapalhar as investigações. Eles seriam autuados pelo crime de tráfico internacional de drogas. A suspeita das autoridades é que a dupla tenha vindo de Manaus de barco, trazendo as masseiras, para despacho na capital paraense. (Pararijos NEWS)

Barco fará linha entre o Ver-o-Peso e Icoaraci

Email Compartilhar

A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém tentará Pela terceira vez implantar a linha Ver-o-Peso/Icoaraci para o transporte de passageiros por barco. A Semob diz que a linha será uma alternativa às dificuldades no tráfego pela avenida Augusto Montenegro por causa das obras do BRT. O Aviso Prévio de Licitação foi publicado na terça-feira (12), dia do aniversário de 400 anos de Belém, na página 12 do caderno Poder, de O LIBERAL. “O edital vai ser publicado na próxima segunda-feira, 18. É concorrência pública. São 45 dias úteis para ser aberta a primeira fase. A gente espera que, até o final de março, já esteja com o vencedor da licitação”, afirmou a superintendente da Semob, Maisa Tobias, na tarde de ontem.
As duas tentativas anteriores não foram bem sucedidas, mas a Semob acredita que desta vez a licitação obterá êxito, já que a Prefeitura de Belém tem feito investimentos nos portos da capital. Segundo Maisa Tobias, a medida se justifica como alternativa de transporte que garanta o direito constitucional de ir e vir da população, por conta das obras de reconstrução da avenida Augusto Montenegro. O prazo de vigência da permissão é de 12 meses, podendo ser renovado por igual período.
O barco terá capacidade para 300 passageiros. “O usuário poderá levar a bagagem de mão e eventualmente mais alguma bagagem, tipo uma compra no Ver-o-Peso”, explicou Maisa. Segundo ela, a Semob procurou trabalhar novamente a possibilidade de integração fluvial, preservando o direito de gratuidade e meia-passagem.
A primeira tentativa, feita em junho de 2014, deu “totalmente deserta”, afirmou. Na segunda, em abril de 2015, foram duas empresas, mas, no processo, só uma se habilitou e sem cumprir todas as exigências. Agora, estão sendo considerandos os investimentos realizados nos portos da Princesa Isabel e de Cotijuba. Também em parceria com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), em breve a prefeitura iniciará obras no porto do Mosqueiro, disse ainda. O investimento portuário possibilitará também investimento em serviço, acrescentou Maísa. A ideia é expandir o serviço à medida que também forem se abrindo possibilidades de atracação em outros portos, integrando o transporte urbano fluvial ao transporte rodoviário, explicou. (Pararijos NEWS)

Segundo a polícia, homem executado por dupla fazia pequenos furtos e arrombamentos de carros


Um flanelinha foi assassinado com quatro tiros, no início da tarde de ontem, na travessa São Pedro, na calçada de uma faculdade que fica atrás do shopping Pátio Belém. Dois rapazes, numa moto, foram os responsáveis pela execução de Rodrigo Farias Pastana, de 37 anos. Apesar de algumas pessoas afirmarem que Rodrigo era trabalhador do local, policiais civis da Divisão de Homicídios (DH) foram informados que ele era usuário de drogas e fazia pequenos furtos e arrombamentos de carros de quem não era cliente dele.
A companheira de Rodrigo foi quem o identificou, já que ele não portava documentos. Para os policiais da DH, ela estava sob efeito de álcool ou drogas. Ela disse que o flanelinha tinha brigado com outros guardadores de carros da área e, durante a briga, tinha agredido uma mulher. Devido à inconsistência dos relatos da companheira de Rodrigo, a polícia não sabe se a briga está relacionada ao homicídio.
Os dois jovens na moto, como relataram testemunhas aos policiais militares e civis, estavam sem capacetes. Rodrigo estava sentado na calçada, no cruzamento da São Pedro com a passagem Guilherme de Seixas. Há várias câmeras no local que poderão facilitar a identificação dos executores. A seccional do Comércio, que ficará responsável pela investigação, deverá solicitar as imagens.
No local, outros flanelinhas - eles não estavam uniformizados como Rodrigo estava e um deles parecia estar alcoolizado - confirmaram que a vítima trabalhava no local desde criança e que tinha desavenças com algumas pessoas que não eram conhecidas por eles. Nenhum dos três supostos colegas de Rodrigo quis se identificar.
O perito criminal Lemanski Sandro, do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves, disse que havia quatro ferimentos na vítima. O exame necroscópico identificará o calibre dos projéteis usados na execução. “A companheira dele chegou a dizer que eles moram no Jurunas e praticamente moram na rua”, afirmou o perito. Os supostos colegas de Rodrigo disseram que a casa dele ficava no Guamá, mas ele ia para o Jurunas com frequência.
Este é o segundo flanelinha assassinado no mesmo perímetro em menos de dois meses. Na noite de 28 de novembro, Everaldo Leão, de 32 anos, foi morto a tiros por desconhecidos que passaram num carro prateado. (Pararijos NEWS)