Google+ Badge

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Ruínas de casarões viram cracolândia e esconderijo


Quase sete meses após o incêndio que destruiu três lojas de confecções no centro comercial de Belém, na rua Santo Antônio com a travessa Leão XIII, as ruínas de um dos casarões históricos se tornaram esconderijo de criminosos e de moradores de rua. É a “Cracolândia do Comércio”, onde a reportagem constatou três pessoas usando entorpecentes, na manhã de ontem. Trabalhadores da área reclamam. No dia-a-dia e,  aos finais de semana, quando não há movimento no Comércio, transeuntes e moradores são vítimas de assaltos e ameaças de quem frequenta as ruínas para usar drogas. Durante a semana, por causa do movimento, os problemas são amenizados. Mas ainda assim ocorrem assaltos e os bandidos buscam abrigo lá.
A facilidade de acesso foi constatada pela reportagem, que encontou roupas, acessórios, bolsas e muito lixo no local. O banheiro e dois depósitos são os lugares usados pelos intrusos. Há preservativos usados, fezes e lixo - tudo com enorme potencial de criadouro do mosquito Aedes aegypti, vetor da dengue, zika e chikungunya -, guimbas, latas de cola de sapateiro e bolsas queimadas. (Pararijos NEWS)