Google+ Badge

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Re-Pa de uma torcida só, mas PM diz que ideia não está fechada


A maior magia que envolve o Re-Pa voltou a ser colocada em risco após uma reunião realizada na última quarta-feira,13. Entidades públicas conversaram acerca da segurança e do trânsito no que diz respeito aos jogos e, ao mencionar o Clássico Rei da Amazônia, surgiu a proposta de se deixar a partida com apenas uma das torcidas.
A escolha de qual torcida teria entrada liberada obedeceria ao mando de campo do clube, o que, na teoria, evitaria desgastes dentro do estádio e deixaria o tráfego de veículos menos afetado.
A questão ganhou o universo dos debates rapidamente e o tenente coronel Sidney Profeta, do Batalhão de Eventos da Polícia Militar que estava na reunião, reiterou que não há uma proposta oficial da corporação para tal medida.
“Esta situação ainda não está fechada. Isto foi uma sugestão colocada para garantir a segurança e trazer menos transtorno à população, que vai e que não vai ao estádio” O assessor de imprensa da PM, Coronel Leno Carmo, informou que o assunto está em fase de discussão.
A única possibilidade de Remo e Paysandu se encontrarem no primeiro turno do campeonato paraense será se conseguirem se classificar às semifinais em posições distintas, ou se passarem à final.(Pararijos NEWS)