Google+ Badge

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Presos executam detento


A madrugada de ontem foi de tensão no Centro de Recuperação Penitenciário do Pará I (CRPP I), em Santa Izabel do Pará, Região Metropolitana de Belém, depois de uma fuga frustrada. Aproximadamente 20 detentos tentaram fugir da unidade prisional usando cordas improvisadas, popularmente conhecidas como “teresas”. A ação ocorreu por volta de 3h30, ao mesmo tempo em que um grupo que estava escondido em um matagal fora da unidade disparou contra os sentinelas da muralha, com a intenção de dar cobertura aos amotinados.
De acordo com a Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado do Pará (Susipe), a ação foi contida pelos policiais do Batalhão Penitenciário e do Comando de Missões Especiais (CME), que estavam no local. Nenhum preso conseguiu fugir. A Susipe não informou se algum policial foi ferido nem se houve danos às instalações do presídio.
Durante o tumulto, o detento João Rodrigues Júnior foi encontrado morto no pavilhão VI. Ele foi amarrado e espancado até a morte pelos companheiros de pavilhão. A vítima havia sido transferida em 30 de dezembro de 2015, da penitenciária de Marituba, porque estava sendo ameaçada de morte por um grupo de detentos. Logo que chegou ao pavilhão IV João foi hostilizado pelos outros presos, que não queriam que ele entrasse em nenhuma cela. O detento, que, segundo um agente prisional, apresentava um quadro de distúrbio emocional, passou a agir de maneira descontrolada. Bastou que a fuga fosse reprimida para que João fosse atacado. Só por volta das 10 horas o cadáver foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) de Castanhal, onde continua à espera de familiares.
Ainda ontem a unidade prisional passou por revista e os policiais militares encontraram quatro armas em poder dos presos: três revólveres e uma pistola. Dez presos serão transferidos para outras unidades. Os detentos que participaram do motim foram autuados em flagrante na delegacia de Santa Izabel, mas o grupo que deu apoio a eles ainda não foi identificado.
Como precaução, as visitas foram suspensas no Centro de Recuperação Penitenciário do Pará I. Durante a manhã, um grupo de visitantes - formado principalmente por mulheres - tentou bloquear a rodovia BR-316, em frente ao complexo penitenciário, para protestar contra o cancelamento das visitas e contra a realização de revista nas celas.
Rebelião - No mês passado, o complexo penitenciário de Santa Izabel registrou uma rebelião. Detentos de dois pavilhões do Centro de Recuperação Penitenciário do Pará I (CRPP I) se rebelaram. Dois agentes prisionais foram feitos reféns. Aproximadamente 30 minutos depois da ação da tropa do Comando de Missões Especiais (CME), o local foi liberado. (Pararijos NEWS)