Google+ Badge

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Jovem é baleado 35 vezes


Agnus Silva dos Santos, de 22 anos, conhecido como “Pimpolho”, não teve chance de se defenderAgnus Silva dos Santos, de 22 anos, conhecido como “Pimpolho”, não teve chance de se defender
Quatro homens encapuzados saíram de um carro prata, por volta de meia-noite de ontem, na rua União, entre Belém e São Domingos, e atiraram 35 vezes contra Agnus Silva dos Santos, de 22 anos, conhecido como “Pimpolho”. O jovem estava com quatro amigos e a namorada quando foi crivado de balas. Os amigos se afastaram e os criminosos ordenaram que a namorada da vítima corresse, por isso eles não foram baleados. Moradores daquela área do bairro da Cabanagem, em Belém, ficaram assustados com a execução.
De acordo com o delegado Eduardo Rollo, da Divisão de Homicídios, que esteve no local para dar início às investigações, os moradores informaram que Agnus estava em frente à casa de um vizinho quando um carro prata se aproximou bruscamente e quatro homens encapuzados desceram do veículo. Depois que a namorada e os amigos de Agnus se afastaram, os atiradores abriram fogo. De acordo com os peritos do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves, a vítima foi baleada 35 vezes. Os matadores fugiram do local em seguida.
Agnus ainda chegou a ser carregado, pois a intenção dos vizinhos era levá-lo até o hospital mais próximo, mas logo eles perceberam que o jovem estava morto. O Centro Integrado de Operações (Ciop) foi acionado e a polícia tomou conhecimento do crime. Na área comentava-se que Agnus já havia sido preso, mas a equipe da Divisão de Homicídios ainda verificaria esta informação.
Até o final da manhã de ontem a polícia não tinha pistas dos criminosos. (Pararijos NEWS)