Google+ Badge

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Escrivão morre em acidente


O escrivão Douglas Volney Oliveira, de 32 anos, da turma de 2010 da Polícia Civil do Pará, morreu em um acidente de motocicleta, na avenida Centenário, no bairro do Bengui, na noite de sábado (23). O policial estava lotado no município de Soure, mas tinha residência em Belém, onde passava as folgas. Foi informado à imprensa, no local do acidente, que ele se desequilibrou nas tartarugas de sinalização da via e a moto virou.
Ednaldo Silva é mototaxista e trabalha em um ponto em frente a um shopping, perto do local do acidente. Ele disse que a vítima trafegava na Centenário, no sentido Júlio César-Augusto Montenegro, quando ocorreu o acidente. “Eu não cheguei a ver, mas um ciclista que passava por aqui disse que ele estava em alta velocidade e, quando passou por essas tartarugas, se desequilibrou e capotou. A moto caiu por cima dele”.
Alguns membros da Polícia Civil do Pará passavam pela avenida e pararam para socorrer a vítima do acidente. Eles se surpreenderam quando perceberam que se tratava de um colega de profissão. “Eu estava passando por aqui e vi um colega da polícia parado próximo ao acidente. Com isso, resolvi estacionar para saber se ele estava precisando de alguma ajuda. Foi quando ele disse que a vítima era o escrivão Volney. Uma pena, um rapaz tão jovem”, lamentou a delegada Vanessa Lee, da Delegacia de Prevenção e Repressão a Crimes Tecnológicos (DPRCT).
Além de colegas de profissão, amigos de Douglas Volney Oliveira foram ao local do acidente e disseram que ele estava a caminho da residência dele, na rodovia Augusto Montenegro. Eles pareciam não acreditar no ocorrido. O corpo do policial foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), para passar por necropsia. Informações sobre o velório e o enterro não foram divulgadas. (Pararijos NEWS)