Google+ Badge

domingo, 24 de janeiro de 2016

Combate ao tráfico vai ser interiorizado


Jeannot Jansen usa o intercâmbio contra o tráficoJeannot Jansen usa o intercâmbio contra o tráfico
O secretário de Segurança Pública e Defesa Social, general Jeannot Jansen, diz que o Estado criará unidades especializadas no combate ao tráfico e na repressão ao consumo de drogas e reforçará o intercâmbio com os Estados que integram a regional Norte do Sistema Nacional de Segurança Pública para a troca de informações sobre fornecedores e traficantes de drogas. A informação foi fornecida durante entrevista concedida à jornalista Karla Soares, do Portal ORM, com a colaboração dos repórters Victor Furtado e Bruna Lima, de O LIBERAL

 Sobre o combate ao tráfico de drogas: a Segup tem mapeado traficantes, aqui no Pará, com dinheiro e poder para financiar até submarino, como o encontrado em Vigia?

  •  JJ: O Pará não é produtor e não é alvo internacional das regiões produtoras. Há países vizinhos ao Brasil grandes produtores e que exportam aos grandes mercados consumidores nacionais e internacionais. O Pará é rota de tráfico. Não há grandes cartéis, não há um grande traficante. O que há é consumo. Não há uma rota definida pelo traficante. O que há de nítido na nossa região são pequenos e médios traficantes. E baseado nessas informações nós agimos, já que uma elevada porcentagem dos crimes violentos está ligada ao tráfico. Uma das estratégias é levar para o interior gente especializada. Marabá, por exemplo, vai ter inaugurada uma Divisão de Repressão a Entorpecentes e Comando de Operações Especiais, unidades qualificadas a combater o crime organizado. (Pararijos NEWS)