Google+ Badge

quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Papão analisa nova parceria para os uniformes 2016

Papão analisa nova parceria para os uniformes 2016 (Foto: Fernando Torres)
Paysandu vestirá roupa nova em 2016. A Adidas já foi descartada e as negociações seguem (Foto: Fernando Torres)
No período entre 2013 e 2015, Puma e Paysandu formaram uma parceria que rendeu muitas vendas de camisa. Acontece que o clube não ficou satisfeito com os termos do contrato atual. Com retorno de 15% em cima do valor de saída da fábrica, as 43 mil camisas vendidas em 2015 reverteram relativamente pouco para o clube, que não pretende renovar o vínculo. Uma das empresas que apresentou proposta para vestir o clube de Suíço a partir de 2016 foi a alemã Adidas. Após algumas rodadas de negociação, o clube emitiu nota afirmando que não aceitou a proposta.
“O Paysandu Sport Club vem a público informar que em 2016 não irá vestir o material esportivo da empresa Adidas. Após longas rodadas de negociações, não foi possível chegar um acordo entre as partes. O clube irá divulgar futuramente a nova marca de material esportivo que será utilizada pelo Paysandu na próxima temporada”, afirmou a nota oficial.
O presidente bicolor Alberto Maia confirmou que há diversas negociações em curso. “Esse é um assunto que temos discutido muito dentro do clube e tem até nos tirado o sono. Ainda não temos um nome fechado, mas garanto que teremos um acordo que valorize o clube e sua marca”, disse Maia.
Alguns nomes especulados como novo fornecedor são a Nike, arquirrival da Adidas, e a novata Dry World. O presidente bicolor afirma que o peso da marca não influenciará no acordo. “É a marca do Paysandu quem torna uma camisa vendável, não a da fornecedora. Não vamos aceitar acordos que paguem apenas 10 reais por camisa vendida”, diz.
(Taion Almeida/Pararijos NEWS Diário do Pará)