Google+ Badge

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

MP identifica 4 grupos suspeitos de postar ameaças racistas contra Maju


O Ministério Público de São Paulo conseguiu identificar integrantes pelo menos quatro grupos na internet suspeitos de publicarem ameaças racistas contra a jornalista Maria Julia Coutinho, a Maju. O relatório da Promotoria lista mensagens postadas na página do Facebook do Jornal Nacional contra a apresentadora, e sustentou os 25 pedidos de busca e apreensão cumpridos em oito estados nesta quinta-feira (10).
O MP acredita que a operação para apreender provas, como computadores e celulares, por crimes de racismo contra a apresentadora é "a ponta do iceberg" em relação a grupos em redes sociais que fazem ameaças contra negros. O promotor Christiano Santos diz que a "situação é ainda mais grave". Os suspeitos foram levados até o MP de cada região, onde foram ouvidos. Entre eles está um adolescente de 16 anos, que mora no interior de Goiás.
O crime aconteceu em julho deste ano, quando a apresentadora foi alvo de ataques racistas nas redes sociais. À época, no Jornal Nacional, Maju falou sobre a importância de combater o preconceito e agradeceu os apoios que recebeu. “Eu falei isso: os preconceituosos passam e a Majuzinha passa”, afirmou. William Bonner acrescentou: “Somos todos Maju, né, Renata?”. A apresentadora Renata Vasconcellos completou: “Somos todos Maju. Hoje e sempre”. (Pararijos NEWS)