Google+ Badge

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Marituba: Irmãos podem ter sido assassinados por engano

David e Diego Costa Pinto foram baleados na nucaDavid e Diego Costa Pinto foram baleados na nuca
Dois irmãos foram assassinados a tiros, ontem à noite, em Marituba, cidade da Grande Belém. A motivação do duplo homicídio ainda é um mistério para as autoridades, já que, segundo informações iniciais, eles não tinham envolvimento com crimes. David Costa Pinto, de 27 anos e Diego Costa Pinto, de 21, estavam sentados na rua quando foram surpreendidos por dois homens, que se aproximaram por trás e atiraram. Cada um dos rapazes foi atingido por um projétil na nunca e ambos morreram na hora. Dois homens que estavam no local com as vítimas conseguiram correr e não foram baleados.
O crime ocorreu por volta das 19h30, na rua Cordolino Fonteneles, bairro Santa Lúcia. David, Diego e dois amigos estavam sentados perto do meio-fio no momento em que os bandidos chegaram. Três homens tiveram envolvimento no crime. Testemunhas contaram que eles estavam em um carro prata, que ficou estacionado em uma rua próxima. Um dos acusados ficou no carro enquanto os outros dois atravessaram um quintal (da mãe das vítimas) e chegaram até onde estava o grupo.
“Até então é um mistério o motivo dos crimes. Pelo que ficamos sabendo eles eram trabalhadores, não tinham nenhum envolvimento com a criminalidade”, disse o cabo F. Cardoso, da 1ª Companhia (CIA) / 21º Batalhão da Polícia Militar (BPM). Um dos rapazes trabalhava na prefeitura de Marituba e o outro trabalhava com confecção de gaiolas. Nada foi roubado das vítimas.
Segundo o cabo PM, uma das suspeitas é que os irmãos tenham sido mortos por engano. Entretanto, testemunhas relataram que o carro prata foi visto desde a última sexta-feira rondando a área. Uma equipe da Divisão de Homicídios esteve no local e deu início às investigações. Caso sejam identificados e localizados, os amigos da vítimas que conseguiram escapar serão chamados para prestar depoimento, já que foram testemunhas do duplo homicídio.
(Pararijos NEWS)