Google+ Badge

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Casa Civil confirma pedido de demissão de Eliseu Padilha

O ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha, durante entrevista (Foto: Filipe Matoso / G1) 
O ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha, em foto de agosto deste ano (Foto: Filipe Matoso / G1)
A Casa Civil informou nesta segunda-feira (7) que o ministro da Secretaria de Aviação Civil, Eliseu Padilha (PMDB-RS), entregou sua carta de demissão do cargo.
Ele deixa o comando da pasta em meio a uma turbulência que vive o governo, com o pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff aceito pelo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Considerado “braço direito” do vice-presidente Michel Temer, Padilha assumiu a secretaria em 1º de janeiro deste ano, quando Dilma tomou posse para o segundo mandato.
O peemedebista fará declaração à imprensa na sede do PMDB, na Câmara dos Deputados, sobre o assunto. Padilha se reuniu nesta tarde com o ministro-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner.

Leia abaixo a íntegra da carta de exoneração de Eliseu Padilha:

Brasília, 1 de dezembro de 2015
Excelentíssima Senhora Presidenta da República
DILMA ROUSSEFF
Brasília - DF
Senhora Presidenta,
Registrando profundo agradecimento pela oportunidade de participar do governo que nossos partidos, o PT e o PMDB, partidos aliados conquistaram, tendo Vossa Excelência como Presidenta da República e o Presidente do meu partido Michel Temer como Vice-Presidente, venho por meio desta apresentar-lhe meu pedido de exoneração do honroso cargo de Ministro Chefe da Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República, em caráter irrevogável, por razões pessoais.
Renovo, por Vossa Excelência, meu respeito e admiração.
Eliseu Lemos Padilha
Carta de demissão do ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha (Foto: Reprodução)Carta de demissão do ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha (Foto: Reprodução) (Pararijos NEWS)