Google+ Badge

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Suspeito preso pela PF por pedofilia é professor

Suspeito preso pela PF por pedofilia é professor  (Foto: Agência Brasil)
(Foto: Agência Brasil)
A Polícia Federal realiza, desde a manhã desta quarta-feira (28), em Belém, a Operação "Temeluche”, que combate o compartilhamento de pornografia infantil e já prendeu duas pessoas. Uma delas é um professor de 40 anos, flagrado com o material pornográfico na própria casa, em Ananindeua, Região Metropolitana de Belém.
De acordo com a PF, Marcelo Silva Rocha guardava fotos e vídeos de crianças e adolescente em relações sexuais na memória de computadores, HDs e outros dispositivos. Ele foi preso em flagrante e deverá ser apresentado na tarde de hoje.
O outro suspeito flagrado na ação, que ainda não teve a identidade revelada, atua como engenheiro da computação. O material pornográfico foi encontrado dentro de um fundo falso do armário da casa do suspeito. Equipes da perícia continuaram realizando o levantamento da residência até o final da manhã, para depois encaminhar o suspeito à sede do órgão, para que fosse autuado.
Segundo a PF, uma investigação apontou um esquema de compartilhamento de imagens e vídeos de pornografia infantil que fazia conexão com Belém. O material tinha origem de diversas partes do mundo, e não necessariamente havia sido gravado pelos suspeitos.
(DOL, Pararijos NEWS com informações de Emily Beckman/Diário do Pará)