Google+ Badge

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Casal é morto a tiros no Icuí-Guajará

André Pantoja Melo foi removido do local rapidamente por causa da indignação dos parentesAndré Pantoja Melo foi removido do local rapidamente por causa da indignação dos parentes
Um casal foi executado a tiros, ontem à noite, na rodovia Independência, no bairro do Icuí-Guajará, no município de Ananindeua. Os corpos de André Pantoja Melo e de uma adolescente de 16 anos foram achados dentro da faixa de servidão do linhão de energia elétrica da via pública. Ao lado dos cadáveres estava a motocicleta usada pelas vítimas, uma Honda vermelha de placa OTO-8082, que apresentava a parte traseira batida. Inicialmente, as pessoas que localizaram os corpos acreditavam ter se tratado de um acidente de trânsito. O duplo homicídio foi constatado pelos peritos do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves.
Familiares das vítimas foram até o local do crime e, bastante abalados, manifestaram indignação contra jornalistas e policiais. Conhecidos disseram que as vítimas residiam no bairro do Curuçambá, em Ananindeua. “Inicialmente foi cogitado que os dois teriam sido vítimas de um acidente, mas os corpos tinham marcas de bala. Ao serem baleados, eles caíram na vala que fica no centro da vala de servidão”, disse o tenente Hugo Marques, do 29º Batalhão da Polícia Militar.
O perito Lopes confirmou que havia várias perfurações nos corpos, mas explicou que, diante da revolta dos familiares e amigos das vítimas, suspendeu a perícia no local do homicídio para finalizar o trabalho no Instituto Médico Legal (IML), onde os corpos também serão submetidos a necropsia. “As pessoas achavam que poderia ter sido acidente, mas já sabemos que foi duplo homicídio. Aqui está muito tenso. As pessoas estão muito nervosas. Não temos condições de continuar o trabalho aqui”, acrescentou. Os corpos foram removidos para o IML, enquanto a motocicleta foi levada para perícia no Centro de Perícias Científicas Renato Chaves. (Pararijos NEWS)