Google+ Badge

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Bancários rejeitam proposta e greve continua no país

Foto: Sindicato dos Bancários do ParáFoto: Sindicato dos Bancários do Pará
Em reunião com a Fenaban (Federação Nacional de Bancos), na tarde desta terça-feira (20), em São Paulo, o Comando Nacional dos Bancários rejeitou a proposta de reajuste salarial da categoria, que foi de 7,5% nos salários sem abono. As informações foram confirmadas pelo Sindicato dos Bancários do Pará. A greve continua e as negociacões seguem nesta quarta-feira (21) no hotel Makssoud Plaza, em São Paulo.
A categoria quer reajuste salarial de 16% (incluindo reposição da inflação mais 5,7% de aumento real); PLR: 3 salários mais R$ 7.246,82 e Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) para todos os bancários. Eles também pedem vales alimentação, refeição, 13ª cesta e auxílio-creche/babá de R$ 788 cada. Além disso, os trabalhadores querem pagamento para graduação e pós, além de melhorias nas condições de trabalho e segurança.
Segundo o Sindicato dos Bancários do Pará, nesta segunda-feira (19), a greve atingiu 415 agências de bancos públicos e privados, o que representa uma adesão ao movimento de 84% do total de unidades bancárias do Estado. Em todo o Brasil, já são 12.277 agências bancárias paradas. (Pararijos NEWS)