Google+ Badge

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Receita libera R$ 61 milhões para 44 mil paraenses


Receita libera R$ 61 milhões para 44 mil paraenses (Foto: Reprodução)
Grana no bolso: o lote de multiexercício de restituição contempla ainda os exercícios de 2008 a 2014 (Foto: Reprodução)
Nesta terça-feira, dia 15, a Receita Federal liberará créditos no valor total de R$ 61.071.544,83 para 44.931 contribuintes em todo o Pará. Em Belém, 27.475 contribuintes terão direito a R$ 40.634.602,52. Em toda a 2ª Região Fiscal, que engloba os estados do Acre, Amazonas, Amapá, Pará, Rondônia e Roraima, 103.672 serão contemplados, totalizando 
R$ 131.807.116,80.
O lote multiexercício de restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física contempla também restituições dos exercícios de 2008 a 2014. O crédito bancário para 2.155.086 contribuintes, em todo o Brasil, será realizado também hoje, totalizando o valor de R$ 2,5 bilhões. Desse total, R$ 80.951.209,65 serão distribuídos entre 22.109 contribuintes idosos e 2.847 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave.
Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na Internet (http://idg.receita.fazenda.gov.br/) ou ligar para o Receitafone 146. Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nesta hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.
A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que facilita consulta às declarações do IRPF e situação cadastral no CPF. Com ele será possível consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma 
inscrição no CPF.

NÃO CREDITADA
Caso o valor da restituição não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do BB ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.
O contribuinte deve informar ao Banco do Brasil a conta, a agência e o banco para o qual pode ser feita a transferência da restituição. A restituição ficará disponível no Banco do Brasil durante um ano. Após esse prazo, quem não fizer o resgate deverá requerê-la por meio da internet, mediante o Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.
(Diário do Pará/Pararijos NEWS)