Google+ Badge

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Governadores querem CPMF


Governador do Rio, Fernando Pezão quer a CPMFGovernador do Rio, Fernando Pezão quer a CPMF
Reunidos com parlamentares da base aliada, governadores de seis estados - Bahia, Rio de Janeiro, Tocantins, Piauí, Alagoas, Ceará - e representantes de Sergipe e do Rio Grande do Sul reiteraram, na Câmara dos Deputados, que são favoráveis à recriação da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), como foi proposta pelo governo há dois dias. A contrapartida exigida por eles recai sobre a garantia de que a arrecadação não fique apenas com a União e que o percentual cobrado seja superior ao 0,2% sinalizado.
“Estamos irmanados em defesa da CPMF e pedindo ampliação para 0,38%”, defendeu o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão. Ele explicou que a proposta dos estados é pelo compartilhamento da contribuição para ser investida nas áreas de seguridade social e saúde. O dinheiro seria dividido igualmente entre estados e municípios. “São os dois grandes gargalos nos estados e municípios, porque retiraram a CPMF e não colocaram nada no lugar”.
Na conversa sobre o pacote econômico com os deputados governistas, Pezão disse que a contribuição só foi derrubada há oito anos porque destinava os recursos exclusivamente para a União. Para ele, “nunca é tarde” para o retorno da CPMF”. Pezão disse acreditar que há apoio mesmo entre os governadores de oposição.
(Pararijos NEWS)