Google+ Badge

sábado, 15 de agosto de 2015

Hoje é dia de vacinação contra a poliomielite


Hoje é dia de vacinação contra a poliomielite (Foto: Ney Marcondes/Diário do Pará)
(Foto: Ney Marcondes/Diário do Pará)
Doença que pode matar ou causar paralisia infantil, a poliomielite foi erradicada no Brasil em 1990, quando deixou de ser registrada graças à oferta das vacinas. Entretanto, em alguns países da África e Ásia ainda há registros da doença. Por esse motivo, a imunização contra o poliovírus, causador da doença infecto-contagiosa, continua sendo de grande importância.
O Dia “D” de Mobilização Nacional contra a Poliomielite está sendo realizado hoje nos 144 municípios paraenses. Segundo a coordenadora de imunização da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), Jaira Athaíde, a campanha segue até o próximo dia 31 e tem como meta vacinar 666.157 crianças.
ATUALIZAÇÃO
Jaira explica que, durante a campanha, será verificado se o esquema vacinal das crianças de seis meses a 5 anos de idade está incompleto. Com isso, será feita a atualização para resgatar a cobertura vacinal desse público. A Sespa terá 3.306 postos fixos, 360 volantes e 74 fluviais no dia de hoje. No restante da campanha, as ações de multivacinação continuam nos postos de saúde. A vacina contra a poliomielite será aplicada em gotas, indicada para crianças entre seis meses e menos de cinco anos.
É importante que os pais levem seus filhos que estejam dentro do público alvo até os postos de vacinação para reforçar ou atualizar o esquema vacinal. “É indispensável que a criança esteja com o esquema vacinal em dia para renovar a proteção contra a poliomielite. A pólio é muito grave, pode matar ou deixar sequelas para o resto da vida”, alerta Jaira Athaíde.
COBERTURA VACINAL
Para a atualização vacinal de crianças estarão disponíveis doses da BCG (contra as formas graves de tuberculose); vacinas contra febre amarela; hepatites A e B; menincocócica C; oral de rotavírus. Também estão sendo ofertadas a Pentavalente (previne difteria, tétano, coqueluche, infecções por Haemophilus influenzae B e hepatite B); Pneumocócica 10 valente (protege de bactérias tipo pneumococo, causadoras de doenças como meningite, pneumonia, otite média aguda, sinusite e bacteremia); Tetraviral (contra sarampo, caxumba, rubéola e varicela) e Triviral (sarampo, caxumba e rubéola).
(Pryscila Soares/Diário do Pará/Pararijos NEWS