Google+ Badge

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Faltam dez (10) vitórias para o acesso bicolor

Faltam dez vitórias para o acesso bicolor (Foto: Mário Quadros)
Dado prefere não revelar as contas feitas pelo elenco. (Foto: Mário Quadros)
Na volta do Paysandu à Série B, o primeiro objetivo era a permanência na competição para a próxima temporada. Mas, o acesso à Série A de 2016 será muito bem vinda, como afirmam a direção, os jogadores e a comissão técnica do clube. E o retorno à elite do futebol brasileiro, pela campanha que faz a equipe bicolor, é um sonho bem possível. Os números comprovam isso.
O Papão iniciou o returno da competição com uma sequência de duas vitórias, frente ao Botafogo-RJ, cotado para levantar o título, e o Bragantino, fora e dentro de casa, respectivamente. De acordo com o site www.chancedegol.com.br, especialista em projeções matemáticas do futebol, para conseguir a permanência em 2016 os participantes da edição deste ano precisam somar, no mínimo, 45 pontos.
Com 36, após o complemento da 21ª rodada, que assegurou ao time a vice-liderança do campeonato, o Papão precisa, portanto, de somente nove pontos, o que significa três vitórias. Se obtiver esses resultados nos 17 jogos que ainda restam ao time na Segundona, o Paysandu estará, no mínimo, livre de qualquer risco de rebaixamento.
Para chegar ao título da Segundona, o que seria a terceira conquista do time, campeão em 1991 e 2001, os bicolores vão precisar somar aproximadamente 87 pontos, mais da metade dos pontos que possui na tabela.
Para ascender à elite nacional, o Papão precisa somar, ao término da disputa, algo em torno de 65 pontos, o que, segundo o chance de gol, garantiria a quarta colocação no G4. Com essa pontuação, os bicolores teriam 99% de chances de disputar a principal divisão do Campeonato Brasileiro.
(Nildo Lima/Diário do Para/Pararijos NEWS)