Google+ Badge

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Bicolor cai para oitavo


Numa das melhores atuações do Paysandu nessa Série B, o time paraense parou nos erros de finalizações e nas defesas do goleiro Luiz, do Criciúma-SC. O empate sem gols seguia até os minutos finais, quando o árbitro paranaense Rafael Traci marcou pênalti para o Tigre. Neto Baiano cobrou para fazer o gol, mas esbarrou na bela defesa do goleiro Ivan, que havia entrado momentos antes no lugar do lesionado Emerson. Na cobrança de escanteio, a bola ficou livre para o centroavante Everaldo afastar. Mas, o camisa nove, um dos melhores em campo, teve a infelicidade suprema do futebol ao errar a cabeçada e jogar para dentro do próprio gol. Everaldo não marcava um gol desde setembro do ano passado e, ironia das ironias, voltou a balançar a rede de um jeito que nenhum atleta quer.
Com a derrota de ontem, o Papão caiu para a oitava colocação, a cinco pontos do quarto colocado, o Bahia. Se vencer o Oeste-SP, neste sábado, no Mangueirão, e dependendo dos demais resultados, pode terminar a primeira metade do Campeonato Brasileiro encostado no G4, posição melhor do que se projetava no início da competição.
Para esse confronto, o clube vai manter os preços promocionais que tem usado em algumas partidas. A confirmação foi dada pelo presidente bicolor após a derrota de ontem. “É importante que o torcedor vá nos apoiar, por isso vamos manter o ingresso a R$ 20,00 a arquibancada e R$ 40,00 a cadeira nessa última rodada do primeiro turno”, confirmou Alberto Maia.
O técnico Dado Cavalcanti afirmou que gostou muito da produção do time, a despeito da perda das chances criadas e da partida. Mas, admitiu que no jogo em casa devem ocorrer mudanças por causa das características que deve ter o confronto no Mangueirão. “Nosso adversário deve vir fechado e nós teremos que ir para cima. Teremos que jogar diferente do que foi hoje (ontem)”.
Entre os jogadores, a atuação deu a esperança de que em casa o time volte a vencer e encoste nas primeiras colocações.”Vamos buscar a recuperação em casa, com certeza”, comentou Emerson. “A torcida é nossa força e tenho certeza que ela vai comparecer para nos ajudar”, completou o volante Fahel.
(Pararijos NEWS)