Google+ Badge

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Prefeito é acusado de desviar verba de servidores

Em sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Tucuruí, na manhã desta terça-feira (2), o vereador Deley Santos (PPS), denunciou o prefeito de Tucuruí, Sancler Ferreira (PPS), Presidente da Associação dos Munícipios do Araguaia Tocantins (Amat), por ter “desviado” mais de R$ 20 milhões dos recursos descontados dos funcionários públicos municipais, que deveriam estar na conta do Instituto de Previdência dos Servidores Públicos de Tucuruí (Ipaset).
Segundo Deley Santos, nos últimos 20 meses, o valor recolhido já ultrapassam o total de R$ 20 milhões. o vereador diz ainda que o prefeito Sancler Ferreira descontou os valores através da Secretária Municipal de Administração da Prefeitura, que é comandada por Nilda Ferreira, que juntamente com a Secretária de Finanças descontaram diretamente na folha de pagamento dos funcionários efetivos, os valores do Ipaset, mas não chegaram nas contas do Ipaset, e na conta que seria destinada da Prefeitura.
Os valores dos descontos dos funcionários públicos que juntamente com os valores repassados pelo município da parte patronal, serão compostos para assegurar a aposentadoria de quase 3 mil funcionários efetivos da Prefeitura da cidade.
O Sindicato dos Servidores Públicos de Tucuruí (Sinsmut), já oficializou várias vezes ao gestor Sancler Ferreira , a comprovação dos valores descontados dos funcionários e depositados nas contas oficiais da municipalidade, mas nunca houve a comprovação. O Ministério Público do Pará, através da Promotoria de Justiça de Tucuruí, também já foi acionada para cobrar a comprovação dos depósitos mensais na conta do Ipaset, ou para onde foram destinados os valores que já ultrapassam a quantia de R$ 20 milhões.
(Pararijos NEWS,
com informações de Wellinton Hugles/ Diário do Pará/ Sucursal Tucuruí)