Google+ Badge

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Palestrante que ensina a estuprar mulheres não poderá entrar no Brasil



De acordo com informações da BBC Brasil, Julien Blanc, responsável por ministrar palestras que ensinam homens a usar violência com mulheres para conseguir sexo, não poderá entrar no Brasil. Fontes do canal dentro do Itamaraty afirmaram que o Ministério de Relações Exteriores proibiu a concessão de visto para ele.
Ainda segundo as fontes da BBC Brasil, a proibição é fruto da forte mobilização online em torno do caso. Em menos de 24 horas, foram recolhidas mais de 200 mil assinaturas que pediam que Blanc fosse impedido de entrar no Brasil.
Dessa maneira, o Brasil segue os passos da Austrália, país que deportou o palestrante após criação de um abaixo-assinado online. O Reino Unido também já possui petição contrária à entrada de Blanc no país.
Os planos de Blanc previam palestras em duas cidades brasileiras: Florianópolis e Rio de Janeiro, ambas no final de janeiro de 2015. Para participar, os interessados deveriam desembolsar US$ 2,5 mil, sendo que US$ 800 deveriam ser depositados de maneira adiantada. Entre as "técnicas" ensinadas, estão como arrastar a cabeça de uma mulher direto para o pênis.
Em seu site oficial, o palestrante ironiza o medo das mulheres em relação às suas técnicas: "Tudo é ofensivo, inapropriado, emocionalmente assustador, mas efetivo", diz ele.

Yahoo.com